Rio Tietê transborda e provoca alagamentos no interior de SP

A prefeitura de Tietê (SP) divulgou na manhã desta terça-feira (1º) um novo alerta aos motoristas e famílias que vivem nas proximidades do Rio Tietê.

Rio transborda e provoca alagamentos durante temporal em Tietê (SP) (Foto: Arquivo Pessoal)

Segundo a Defesa Civil, a chuva intensa que atingiu a região fez com que a vazão do rio aumentasse, provocando alagamentos na Avenida Beira Rio e ponte do bairro Santa Cruz, que seguiam interditadas até a noite.

Ainda de acordo com a Defesa Civil, entre domingo (30) e segunda-feira (31), o Rio Tietê registrou um aumento de nove metros e que, a partir desta terça-feira, prevê a redução do volume.

Avenidas ficam alagadas após Rio Tietê transbordar — Foto: Arquivo Pessoal
Avenidas ficam alagadas após Rio Tietê transbordar (Foto: Arquivo Pessoal)

Vale ressaltar que a prefeitura já havia emitido um alerta pedindo atenção especial da Defesa Civil e Secretarias de Segurança, Serviços e Assistência Social para possíveis inundações na cidade.

Até as 12h de segunda-feira (31), a vazão do Rio Tietê era de 700 metros cúbicos por segundo, enquanto que normalmente, conforme apurado, a vazão é de 140 metros cúbicos por segundo, cinco vezes menor.

Em Salto, onde fica a Usina Hidrelétrica Porto Góes, o temporal causou alagamentos e moradores chegaram a ficar ilhados na Vila Nova e no bairro Pedregulho.

A prefeitura de Tietê informou que as fortes chuvas com ventos já provocaram inúmeras ocorrências na cidade, como semáforos que entraram em pane e o tombamento de árvores.

Segundo o município, as águas do Rio Tietê também tomaram o Estádio do Comercial, a rua da bomba e o acesso à Fazenda Esplanada Mandissununga. Já no bairro dos Pilões, os moradores ficaram ilhados.

Rio Tietê transborda e deixa moradores ilhados em Tietê  — Foto: Arquivo Pessoal
Rio Tietê transborda e deixa moradores ilhados em Tietê (Foto: Arquivo Pessoal)
Aumento da vazão do Rio Tietê preocupa moradores e autoridades — Foto: Prefeitura de Tietê/Divulgação
Aumento da vazão do Rio Tietê preocupa moradores e autoridades (Foto: Prefeitura de Tietê/Divulgação)

Fonte: G1