Restos mortais de marinheiro morto em Pearl Harbor são identificados após quase 80 anos

Um marinheiro do Alabama que morreu durante o ataque japonês a Pearl Harbor durante a II Guerra Mundial, há quase 80 anos, foi identificado e será enterrado em sua cidade natal, anunciou o Pentágono na quarta-feira (7).

Um teste de DNA e análises antropológicas foram usadas para identificar os restos mortais do bombeiro de segunda classe da Marinha Ralph C. Battlez, de Boaz, segundo um comunicado da Agência de Defesa.

Battles, de 25 anos, fazia parte da tripulação do USS Oklahoma quando o navio foi atingido por diversos torpedos durante o ataque japonês, em 7 de dezembro de 1941. A embarcação virou, matando Battles e outros 428 tripulantes.

Os restos mortais das vítimas foram recuperados em 1944 e enterrados em cemitérios no Havaí, mas apenas 35 homens foram inicialmente identificados. Os restos das demais vítimas foram exumados em 2015 para análise, e o material pertencente a Battles foi finalmente reconhecido em fevereiro, segundo a agência.

Um funeral será realizado em sua homenagem em 28 de agosto em Boaz, localizada ao nordeste de Birmingham.

Fonte: Yahoo! – Foto: HO/US Navy Historical Center

Últimas

Brasil vence a França no vôlei masculino

01 ago 2021

A vaga já estava garantida. Mas, em um clássico, isso pouco importa. Neste domingo, o Brasil...

Categorias

Scroll Up