Polícia prende suspeitos de furtarem gado de penitenciária em Bauru

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

CPP 3 fica na Rodovia Marechal Rondon, em Bauru (Foto: Marcel Germano/Arquivo Pessoal)

A Polícia Civil prendeu três homens suspeitos de integrarem uma quadrilha que furtava gado para revender a carne, em Bauru (SP). A prisão aconteceu nesta sexta-feira (26).

De acordo com o delegado responsável pela investigação, Richard Serrano, os animais eram furtados do pasto do Centro de Progressão Penitenciária (CPP 3) “Prof. Noé Azevedo”, o antigo Instituto Penal Agrícola.

Segundo as investigações, o prejuízo causado pela quadrilha está estimado em cerca de R$ 60 mil. No período de aproximadamente um ano, foram registrados 11 boletins de ocorrência de furtos. Os suspeitos matavam os animais ainda no local e cortavam a carne, deixando apenas as carcaças.

A polícia chegou até os suspeitos depois que funcionários da unidade prisional encontraram novamente a cerca rompida, nesta sexta-feira. Vizinhos do CPP afirmaram terem visto dois homens se escondendo nas imediações.

Após denúncia, os suspeitos foram localizados pelos policiais e um terceiro envolvido, que já era alvo de investigações da Polícia Civil, foi detido em casa.

Ainda, os três suspeitos eram praticamente vizinhos, moradores do Parque Jaraguá. Os três foram indiciados por furto qualificado, associação criminosa e crime continuado.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes