Polícia prende segundo suspeito de matar homens encontrados enterrados em Bauru

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Foi preso neste sábado (16) o segundo suspeito de matar os homens encontrados mortos perto da linha do trem, em Bauru (SP). Os corpos de Danilo de Almeida Falconi e Anderson Santos Leal foram localizados nos dias 28 e 29 de janeiro, enterrados na favela de São Manoel.

Segundo a Polícia Militar, após uma denúncia anônima, Luiz Carlos Francisco Cortês foi abordado em uma casa localizada na Rua Marconi, no bairro Bela Vista.

O homem alega que não atuou diretamente no crime, apenas sabia da situação. Como o suspeito já possuía um mandado de prisão temporária, foi detido e está no Plantão Policial à disposição da Justiça.

Segundo o delegado da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), Clédson Nascimento, o primeiro suspeito teria 18 anos e foi preso temporariamente por homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

“Ele admitiu que desferiu pauladas na cabeça de um deles e abandonou a vítima, mas nega a ocultação do corpo”, diz o delegado.

“Pelas nossas investigações, os dois [suspeitos] são responsáveis pelas pauladas que causaram a morte das vítimas. Usuários de drogas que foram ouvidos pela polícia confirmaram que os dois ofereceram pedras de crack em troca de ocultar o corpo na favela”, explica o delegado.

A polícia ouviu testemunhas e acredita que os dois homens foram mortos porque roubaram droga. “Uma das vítimas estaria devendo drogas na favela e teria sido agredida até a morte. Eles também suspeitaram que ele poderia estar passando informações para a polícia”, completa.

Danilo de Almeida Falconi (Fotos: Divulgação)

Anderson Santos Leal (Foto: Divulgação)

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes