Polícia encontra o corpo de Emanuelle em matagal de Chavantes

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A pequena Emanuelle Pestana de Castro, de apenas 8 anos, foi encontrada morta num matagal de Chavantes, próximo a um loteamento chamado “Júlio Silva”. Ela havia desaparecido de uma praça, onde brincava, no bairro Cohab. O encontro do corpo ocorreu na noite desta segunda-feira (13).

Todas as cidades da região se mobilizaram para tentar encontrar Emanuelle, na esperança de que a garota ainda estivesse com vida. Na tarde de hoje, o desaparecimento da menina foi tema do programa “Cidade Alerta”, da TV Record.

Quando o apresentador Luiz Bacci começou a sugerir que haviam suspeitos, inclusive um vizinho de nome Agnaldo, houve uma movimentação de pessoas em torno da casa dele. A Polícia Militar precisou intervir e acalmar os moradores, alertando que nada ainda havia sido apurado.

A situação ficou tensa porque, durante o programa, surgiu a informação de que Agnaldo já teria sido processado por tentativa de assassinar o próprio irmão por causa de sabonete.

No entanto, no início da noite o vizinho Agnaldo acabou confessando que matou Emanuelle e indicou o local onde escondeu o corpo. Foi numa mata na zona rural de Chavantes.

Após a confissão, policias civis, militares e equipe da perícia técnica foram até o local e encontraram a vítima morta ao lado de um córrego por volta das 23h.

Policiais civis e militares fizeram buscas após suspeito indicar local onde corpo estava — Foto: Adolfo Lima/TV TEM
Policiais civis e militares fizeram buscas após suspeito indicar local onde corpo estava (Foto: Adolfo Lima/TV TEM)

Ainda de acordo a polícia, o vizinho foi interrogado nesta segunda-feira e havia negado saber de qualquer informação sobre o desaparecimento da criança. Contudo, acabou confessando à polícia o crime. Ele foi preso e está à disposição da Justiça.

O corpo de Emanuelle será encaminhado para o IML.

Fonte: Debate News e G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes