Os botucatuenses tem um bom motivo para acompanhar o Oscar neste domingo

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

ana flavia gavlak - lala landOs botucatuenses têm um motivo a mais para acompanhar a Cerimônia do Oscar, neste domingo, 26. Uma atriz de Botucatu participou do filme musical “La La Land – Cantando Estações”, que concorrerá ao Oscar 2017, com incríveis 14 indicações.

Ana Flavia Gavlak, de 26 anos, que foi coroada Miss Botucatu em 2008, fez uma pequena participação no musical – ela interpreta uma atriz que sai de uma audição e lança um olhar intimidador para a personagem de Emma Stone, que é a próxima da fila -, mas foi o bastante para ter destaque na imprensa nacional, como a brasileira que participou do filme favorito ao Oscar 2017.

Morando nos Estados Unidos, em Los Angeles – Califórnia, desde 2009, Ana Flávia falou com exclusividade com o Jornal Leia Notícias sobre a participação no La La Land, sobre sua carreira e a relação com Botucatu. Acompanhe:

LEIA NOTÍCIAS – Como surgiu a oportunidade no musical La La Land?

ANA FLÁVIA GAVLAK – Eu passei em um casting para o filme.

LEIA NOTÍCIAS – Como foi participar de um grande filme e hoje apontado como favorito ao Oscar?

ANA FLÁVIA GAVLAK – Foi uma oportunidade maravilhosa! Estar no set de filmagem com atores fenomenais como Emma Stone e Ryan Gosling foi uma escola. O diretor Damien Chazelle é perfeccionista. Ele chega a filmar muitas vezes a mesma cena até conseguir aquilo que visualiza.

LEIA NOTÍCIAS – Quando começou sua carreira de atriz? Foi em Botucatu?

ANA FLÁVIA GAVLAK – Eu nasci em Botucatu e desde pequena participei de teatros no Colégio Santa Marcelina, onde estudei até a oitava série e fiz aulas de dança em academias diferentes, mas não sabia ainda que queria seguir a carreira de atriz. Sempre fiz porque achava divertido e desafiador. Quando terminei o ensino médio, no Colégio Seta, decidi que era isso que queria, então me mudei para Los Angeles para estudar cinema e estou aqui há mais de sete anos. Eu já falava bem inglês, mesmo assim fiz uma escola preparatória antes, no sul da Califórnia, para entrar na faculdade de Artes Cênicas. Depois que me formei continuei estudando em estúdios famosos de interpretação como: Howard Fine, Eric Morris, Ivana Chubbuck, entre outros. Em Los Angeles sempre levei uma vida normal, exceto por morar longe da família, o que é muito difícil. Minha rotina até hoje inclui muitos testes de elenco e aulas. Já participei de muitos filmes independentes, seriados, comerciais, vídeo clips como: “Hey Mama” do David Guetta e Nicki Minaj (que teve mais de 1 bilhão de visualizações no Youtube – assista abaixo), “I need you” do Armin Van Buuren, “Cool” por Alesso, e do novo game do James Bond 007, onde faço o papel de Brigitte Borbeau, uma “Bond girl”.

LEIA NOTÍCIAS – Qual é seu relacionamento hoje com Botucatu?

ANA FLÁVIA GAVLAK – Meu relacionamento é de muito carinho por Botucatu, cresci em uma cidade segura, sempre rodeada de amigos e familiares, uma benção. Sempre visito meus avós e amigos quando possível.

LEIA NOTÍCIAS – Você fez um caminho diferente de muitos atores, que primeiro buscam participar de novelas na televisão brasileira e poucos conseguem ir para os Estados Unidos e participar de filmes e seriados. Como foi esse seu caminho?

ANA FLÁVIA GAVLAK – Eu acredito que cada pessoa tem um caminho para seguir. Não existe uma formula certa. Temos que ir atrás do nosso sonho. Foi um caminho mais difícil, com certeza, mas tem que perseverar e acreditar, como meus pais sempre dizem.

LEIA NOTÍCIAS – Como os botucatuenses podem acompanhar mais o seu trabalho?

ANA FLÁVIA GAVLAK – Para acompanhar meu trabalho a maneira mais fácil é pelo Instagram (@anagavlak), posto todas as novidades lá, uso mais do que o Facebook (Ana Flavia Gavlak). Estou com o filme “The Body Tree”, que estreia na Rússia neste ano, e um vídeo clip mundial para a banda norte-americana “Cheat Codes”, que será lançado no mês que vem.

Fonte: Jornal Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes