Músicos, donos de bares e restaurantes fazem protesto em Bauru nesta segunda

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Músicos, donos de bares, restaurantes, lanchonetes e pizzarias de Bauru irão realizar um protesto nesta segunda-feira (29), na Praça das Cerejeiras, onde fica a sede do Poder Executivo municipal. A intenção dos empresários e artistas é dar visibilidade para as dificuldades que o setor vem enfrentando por conta do fechamento dos estabelecimentos, em meio à pandemia da Covid-19.

A concentração em frente ao Palácio das Cerejeiras está marcada para as 9h, mas o ato só terá início às 10h. A manifestação contará com equipamento de som e os participantes irão apresentar suas queixas e propostas.

“Os artistas também vão tocar algumas músicas. Será um ato pacífico e todos vão manter distanciamento e usar máscaras”, detalha o empresário Fernando Gimenes. Além dele, lideram a iniciativa os também empresários Davi Faria e Lazinho Capriolli.

Os bares, restaurantes, lanchonetes e pizzarias de Bauru reabriram as portas em 1 de junho, mas foram proibidos novamente de receber o público no 24. Agora, só podem comercializar produtos para viagem, por meio de sistema de drive thru ou delivery.

REIVINDICAÇÃO

Gimenes explica que os empresários e artistas compreendem que, neste momento – em que a cidade regrediu para a fase vermelha, a mais restritiva do plano de flexibilização do governo do Estado -, não será possível retomar as atividades. Porém, reivindicam que, quando as lojas do comércio voltarem a funcionar, a permissão seja estendida também para o setor que o grupo representa.

“Cada estabelecimento quer ter o direito de escolher se quer abrir ou não, considerando os custos envolvidos de cada um”, pontua. O empresário argumenta, ainda, que, no período em que permaneceram abertos, todos cumpriram as regras exigidas pela Prefeitura.

“Não queremos prejudicar ninguém. Vamos continuar fazendo este controle quando pudermos reabrir”, destaca, citando medidas como a limitação de acesso de acordo com cada ambiente, o distanciamento e o posicionamento de mesas em locais com circulação de ar, bem como o uso obrigatório de máscara por clientes na entrada, saída ou ida ao banheiro. Os estabelecimentos já informaram a Prefeitura que também se dispõem a utilizar medidores de temperatura na recepção.

Fonte: Jcnet

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes