Morre dono de cachorro que passou a noite na porta de hospital à espera dele no interior de SP

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O morador Nelson Francisco Cardoso, que é dono do cachorro que passou a noite na porta de um hospital à espera dele e chamou a atenção dos funcionários da unidade, morreu de infarto na sexta-feira (17), em Iacanga (SP). Segundo uma protetora de animais da cidade, após a morte do dono, o cão está uivando muito.

O enfermeiro da unidade, Denis Cândido dos Santos, contou que Nelson foi encontrado morto em uma rua da cidade na sexta-feira. Ele foi socorrido, mas já chegou morto ao hospital.

“Ele estava deitado na calçada e as pessoas achavam que ele estava dormindo, mas ele já estava em óbito. A causa da morte foi infarto, também devido a esse quadro clínico geral dele, decorrente da bebida”, explica o enfermeiro.

Dono de cachorro que o esperou na porta do hospital morre em Iacanga — Foto: Arquivo Pessoal/Sérgio Mattos
Dono de cachorro que o esperou na porta do hospital morre em Iacanga (Foto: Arquivo Pessoal/Sérgio Mattos)

O morador foi enterrado na manhã deste sábado (18) no Cemitério de Iacanga. Segundo a integrante do grupo “Anjos de Pata”, que é de voluntários para ajudar bichinhos da cidade, Pitoco foi visto na frente da casa onde ele e Nelson moravam.

A protetora Brenda Verjião contou ao G1 que Pitoco está sendo cuidado por uma conhecida, que leva comida e passou remédio contra carrapato nele. No entanto, desde a ausência de Nelson, ela diz que Pitoco está inconsolável.

“Ela foi lá, deu comida para ele, passou remédio de carrapato, mas ele estava do lado de fora, na rua. Estava uivando, inconsolável. Aí a gente já ficou com o coração partido”, relata Brenda.

Segundo protetora, Pitoco ficou inconsolável depois da morte do dono em Iacanga — Foto: Arquivo pessoal/Brenda Verjião
Segundo protetora, Pitoco ficou inconsolável depois da morte do dono em Iacanga (Foto: Arquivo pessoal/Brenda Verijão)

Agora, os voluntários estão em busca de alguém que possa adotar e dar carinho ao cachorro. Segundo Brenda, uma mulher já se dispôs a adotá-lo e vai passar pela adaptação durante essa semana.

Espera

Na época, a imagem de Pitoco esperando o dono na porta do hospital chamou a atenção dos moradores.

Após receber alta, Nelson contou que se emocionou ao saber do que houve. Ele ainda afirmou que conheceu Pitoco em uma carroça de verduras e que, desde então, não se largaram mais.

Nelson contou ao G1 que conheceu Pitoco em uma carroça de verduras e que, desde então, não se largaram mais — Foto: Arquivo Pessoal/Sérgio da Matta
Nelson contou que conheceu Pitoco em uma carroça de verduras e que, desde então, não se largaram mais (Foto: Arquivo Pessoal/Sérgio da Matta)
Segundo funcionário do PS, cão chegou a entrar correndo na unidade enquanto dono estava internado em Iacanga — Foto: Arquivo pessoal/Sérgio da Matta
Segundo funcionário do PS, cão chegou a entrar correndo na unidade enquanto dono estava internado em Iacanga (Foto: Arquivo pessoal/Sérgio da Matta)

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes