Manifestante é atropelado ao tentar fechar a rodovia Comandante João Ribeiro de Barros

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Manifestantes atearam fogo em pneus (Foto: Thaís Andrioli/TV TEM)

Um manifestante foi atropelado quando tentava fechar a rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, em Bauru (SP), na manhã desta quarta-feira (21). O protesto foi organizado por integrantes da Frente Nacional de Luta (FNL). O homem foi socorrido pela unidade de resgate da concessionária que administra a via para o pronto-socorro de Pederneiras. Ele passou por exames e foi liberado.

Após o acidente o grupo conseguiu atear fogo em pneus e fechar a rodovia no sentido Bauru por 40 minutos, na altura do quilômetro 224. Os manifestantes exigiam o recebimento de cestas básicas, que, de acordo com eles, não têm sido enviadas pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) desde abril.

O grupo, formado por cerca de 30 pessoas, de acordo com a polícia, também pediu uma posição do órgão sobre as terras que, segundo eles, foram prometidas e até hoje não foram entregues.

A interdição da rodovia causou um congestionamento de nove quilômetros. O protesto terminou depois que o capitão da Polícia Rodoviária conversou com os manifestantes e conseguiu agendar uma reunião com o Incra.

A pista foi liberada após os bombeiros apagarem as chamas. Os manifestantes seguiram para a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) em Bauru e depois voltaram para o acampamento.

A superintendência da Conab informou que as cestas estão atrasadas porque eles estão fazendo um recadastramento das famílias. A produção da TV TEM tentou entrar em contado com a sede da Conab em Brasília, mas o prédio no Distrito Federal foi invadido por manifestantes.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes