Homem é preso suspeito de torturar a enteada de 2 anos em Boituva

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Um homem foi preso na madrugada desta terça-feira (27) suspeito de torturar a enteada de dois anos em Boituva (SP).

Segundo a polícia, uma equipe foi acionada para atender uma ocorrência sobre maus-tratos na Avenida Alexandrina Bertoldi Vecellino.

A menina de 2 anos com suspeita de ter sido torturada pelo padrasto apresentava marcas de queimaduras e mordidas, segundo a Polícia Civil de Boituva (SP).

De acordo com a polícia, a menina ficava na casa com o homem enquanto a mãe ia trabalhar. Na madrugada desta terça-feira (27), a mulher acionou a polícia depois que voltou do trabalho e percebeu que a menina apresentava várias lesões.

“Ela apresentava mordida em uma das orelhas, no lombo e colo havia hematomas e também queimadura que o médico descreveu como feita por bituca de cigarro. O homem foi autuado por tortura”, afirma o delegado Carlos Antonio Antunes.

Ainda segundo a polícia, a criança passou por exames preliminares e também será encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) para fazer exames periciais.

O suspeito de 22 anos foi preso, passou por audiência de custódia e vai responder em liberdade por lesão corporal, já que a menina foi agredida uma vez. Como medida cautelar, a Justiça proibiu o suspeito de se aproximar da mãe, da criança e sair durante a noite.

Criança apresentou sinais de tortura em Boituva (SP) — Foto: Reprodução/TV TEM
Criança apresentou sinais de tortura em Boituva (SP) (Foto: Reprodução/TV TEM)
Menina vai passar por exame no IML — Foto: Reprodução/TV TEM
Menina vai passar por exame no IML (Foto: Reprodução/TV TEM)

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes