Homem é preso suspeito de agredir e manter companheira em cárcere privado em Iacanga

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Um homem de 41 anos foi preso suspeito de manter a companheira em cárcere privado e agredi-la durante a madrugada, em Iacanga (SP), nesta quinta-feira (12).

Segundo informações do boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi informada de que uma mulher estava trancada dentro de uma casa pedindo socorro na rua Diógenes Cajucy Ticianeli.

Quando o policial chegou ao local, encontrou uma mulher de 67 anos presa dentro da casa. Pelo portão, ela contou que tinha sido agredida e ameaçada a noite toda por seu companheiro.

Além disso, afirmou que, quando ele saiu de casa pela manhã, deixou a vítima trancada, e durante as agressões o companheiro alegou que ia matá-la.

Ainda de acordo com o boletim, enquanto o policial conversava com a mulher, o proprietário do imóvel, que passava pelo local e viu a viatura, parou e entregou o controle reserva do portão para liberar a vítima. Ele relatou aos policiais que havia alugado a casa para o casal há dois dias.

Segundo a mulher, ela tinha um relacionamento com o homem há um ano e dois meses, e moravam em casas separadas, em Bauru (SP). Havia dois dias que os dois tinham alugado a casa para morarem juntos em Iacanga.

Resgate e prisão

Ao entrar na residência, o policial percebeu que os cômodos e a cama do casal estavam com manchas de sangue e que a vítima apresentava lesões corporais. Ela foi encaminhada para o pronto-socorro da Santa Casa de Misericórdia de Iacanga.

O suspeito retornou à residência momentos depois. Ele foi encaminhado para a delegacia, onde relatou que tinha discutido com a mulher e a empurrado na noite anterior, o que fez com que ela caísse e batesse a cabeça. Ele teria deixado a casa trancada porque ela teria pedido.

O homem foi preso por tentativa de feminicídio tentado e cárcere privado. A polícia aguarda os resultados dos exames periciais no local do crime.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes