Estudante de Conchas, morre esfaqueado durante atentado em Maringá

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Uma pessoa morreu e outras duas foram feridas à facadas durante um atentado em pensionato, na madrugada deste domingo, 17, na Zona 7, em Maringá, no Paraná. A tragédia só não foi maior porque a equipe policial agiu rápido e através da equipe ROTAM, o assassino foi preso no momento em que ele tentava invadir outros cômodos onde outras três pessoas estavam.


Orivaldo José da Silva Filho natural de Conchas, foi morto no atentado

Dois jovens ficaram feridos. Luís Roberto dos Santos, de 19 anos, Henrique Mantovan, de 22 anos, foram encaminhados para os Hospitais Universitário e Bom Samaritano. O estudante Orivaldo José da Silva Filho, de 22 anos, tentou correr mas acabou caindo e morrendo no local. José é da cidade de Conchas, na região de Botucatu, e estava cursando química em Maringá.


Osvaldo Júnior, foi preso

De acordo com informações da Polícia Militar, Osvaldo dos Santos Pereira Júnior, de 26 anos, invadiu o pensionato localizado na Rua Mandaguari, ordenou que as vítimas ficassem de joelho, e sem dizer qualquer palavra começou a esfaquear as vítimas. Luís e Henrique correram para rua e foram perseguidos pelo por vários metros. José já não teve a mesma sorte. Após procurar as duas vítimas O assassino após não localizar os dois rapazes, voltou até o pensionato e tentou chegar até às pessoas. A polícia Militar agiu rápido e conseguiu prender o autor antes que ele fizesse mais vítima. Com ele os policiais apreenderam a faca utilizada no ataque.

No celular do assassino os policiais localizaram mensagem, dizendo em terrorismo religioso, e sobre alienígena, e extraterrestres. Na delegacia o homem estava muito alterado.


Local do atentado

Fonte: O Diário de Maringá

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes