Dentista de Botucatu, que estava desaparecido, faz contato com a família e diz estar bem

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Após uma semana de sumiço, o cirurgião dentista botucatuense Carlos Henrique Elias Destro, conhecido por Caco, de 35 anos, fez contato com a família na madrugada deste domingo, 22.

De acordo com informações da família, Caco ligou para irmão, Leandro Augusto Elias Destro, e teria dito que estava tudo bem com ele, que não voltou antes porque decidiu prolongar seu descanso por mais uma semana, mas ficou surpreso com toda essa repercussão e procura por ele.

Caco estaria em uma praia mais afastada e por isso teria ficado sem comunicação. Logo na manhã deste domingo, a tia do dentista, Sueli Destro publicou nas redes sociais que “o sobrinho que estava desaparecido entrou em contato com a família, que está bem de saúde, mas não tem mais detalhes”.

O botucatuense estava desaparecido desde o domingo, dia 15. A família divulgou que ele havia ido surfar no Guarujá e não retornou no domingo, quando era esperado e teria ficado incomunicável. O irmão de Caco chegou a ir até o litoral na terça-feira, 17, fez contato com a polícia e fez buscas nas praias da região, mas não obteve êxito. A única informação, que ele teve foi  que carro do dentista, um Renault Sandero Prata – placas: EGH 5870 de Botucatu –  havia sido flagrado por um radar na madrugada de domingo para segunda-feira, por volta das 4h15, na Avenida Perimetral em Santos.

O sumiço de Caco gerou grande comoção nas redes sociais, com milhares de compartilhamentos de fotos e pedidos de informações.

 

Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes