Botucatu: Investigação aponta que adolescente que trabalhava nos Correios, trocou aparelho de celular por camisinha

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Após a Polícia Civil de Botucatu desvendar o desaparecimento de diversos aparelhos de celular, novas vítimas surgiram para denunciar casos semelhantes.

A jovem Josy Frazão foi uma delas. Em fevereiro, ela enviou um celular Motorola 4 Plus para sua irmã em São Luís do Maranhão. Mas o que a destinatária recebeu foi uma caixa, contendo dois cabos USB velhos e uma camisinha.

Sem saber em qual parte do trajeto o aparelho tinha sido desviado, as vítimas registraram a queixa no Maranhão.

Após descobrir que um estagiário da agência de Botucatu havia sido detido por furto de encomendas, Josy registrou um Boletim de Ocorrência local.

“Na delegacia o Dr. Geraldo (Franco) me informou que quem pegou meu celular foi o mesmo rapaz que furtou os outros aparelhos, inclusive ele cadastrou meu celular Moto G4 Plus no nome dele.  Por tanto agora esta provado que o meu celular foi pego dentro dos Correios”, disse a jovem ao Leia Notícias.

L.F.L.S de 17 anos foi liberado após prestar depoimento na semana passada. Ele deverá ser ouvido novamente para dizer onde está o aparelho de Josy. “Como o aparelho está bloqueado, ele pode ter dado um fim”, afirmou a vítima.

O menor utilizava seu perfil nas redes sociais para vender os aparelhos que furtava da agência dos Correios.

Em nota os Correios informaram que irão realizar apuração no âmbito da agência franqueada de Botucatu  onde foram constatados desvios celulares pelo estagiário com o objetivo de garantir o cumprimento de todas as suas responsabilidades contratuais com a empresa estatal.

Leia Notícias

 

 

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes