Bebê aguarda cirurgia de emergência no coração há quase um mês

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Alice foi diagnosticada com sopro no coração (Foto: Reprodução/TV TEM)

Uma mãe recorreu à Defensoria Pública de Jaú (SP) para conseguir que a cirurgia de emergência que pode salvar a vida da filha, que tem 4 meses. De acordo com Andrielle Menille, Alice foi diagnosticada com um sopro no coração quando tinha 9 dias. São dois furinhos presentes no órgão que fazem com o bebê faça muito esforço para tudo, inclusive respirar. “O meu medo é que ela não consiga esperar os 40 dias que a defensoria deu para o caso”, conta.

O Departamento Regional de Saúde de Bauru informou, em nota, que já solicitou agendamento para procedimento cirúrgico do bebê, que deve ocorrer após a realização de exames pré-operatórios.

Desde que foi diagnosticada com o problema cardíaco, Alice precisa passar por exames a cada 15 dias. Os procedimentos são realizados no Hospital Estadual de Bauru e no mês de setembro ela precisou ser internada duas vezes. No dia 20 de outubro uma das médicas que atende o bebê fez um pedido de cirurgia urgente, mas se passou quase um mês e o procedimento não foi marcado. 

A cirurgia é para tampar os furos no coração e na região só pode ser realizado pelo Hospital das Clínicas de Botucatu. Diante dessa situação, Andrielle quase não dorme mais, tem medo que a Alice tenha uma parada cardíaca. Por causa da doença o bebê também tem dificuldade de se alimentar.

“Ela já parou de crescer, de engordar, já não consegue mamar, de 150 ml ela mama 30 ml e ela não mama de três em três horas, é só quando ela quer, além disso, é muito esforço, ela transpira muito para mamar”, afirma.

O Departamento Regional de Saúde informou ainda que o procedimento pode ser realizado tanto pelo Hospital de Clínicas de Botucatu quanto por outra unidade referenciada do Estado, tão logo sejam concluídos os exames necessários que a paciente precisa realizar pelo Hospital Estadual.

O hospital, por sua vez, informa que a paciente é assistida pela unidade desde 16 de agosto. Ainda explica que, nesta sexta-feira (18), a paciente realizou exame de ecocardiograma e tem retorno agendado para 20 de dezembro. Informou ainda que a paciente já tem consulta agendada no HC de Botucatu para a próxima quinta-feira (24).

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes