Após briga de família, mulher é presa ao atirar contra genro e irmão dele em Igaraçu do Tietê

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Uma mulher de 40 anos foi presa após se envolver em uma confusão com o genro e parentes deles em Igaraçu do Tietê (SP), na terça-feira (3), e efetuar disparos de arma de fogo contra. Apesar dos tiros, ninguém se feriu.

Segundo a Polícia Militar, a confusão teria começado em São Manuel, quando a mulher foi até um sítio buscar a filha, uma jovem grávida de oito meses e que estaria sendo vítima de maus-tratos.

No sítio, a mulher, que foi acompanhada por outras duas filhas, acabou atirando contra o genro quando ele tentou impedir a retirada da garota. A mulher e suas três filhas entraram no carro e seguiram no sentido de Igaraçu do Tietê.

O pai e o irmão do genro, moradores de Igaraçu do Tietê, ao ficarem sabendo da confusão, foram socorrer o rapaz no sítio. Porém, eles cruzaram com o carro da mulher na rodovia e iniciaram uma perseguição.

Durante a perseguição, segundo a polícia, eles chegaram a provocar colisões contra a traseira do carro da mulher. Mesmo assim, ela conseguiu chegar a um posto de combustíveis em Igaraçu do Tietê.

Ainda de acordo com a polícia, quando mãe e as três filhas estavam dentro da loja de conveniência, o irmão do genro e o pai dele apareceram.

A PM foi chamada e uma nova confusão começou depois que o sogro da jovem grávida xingou os policiais e tentou pegar a arma de um deles. Os policiais conseguiram imobilizá-lo e todos foram levados para a delegacia.

A mulher foi indiciada por tentativa de homicídio e o pai do genro por desacato e resistência. Na audiência de custódia, nesta quarta-feira (4) à tarde, a Justiça determinou que a mulher ficasse presa. Ela foi encaminhada para a cadeia feminina de Pirajuí. Já o pai do genro foi liberado.

A Polícia Civil apreendeu a arma usada pela mulher, um revólver calibre 32. Uma segunda arma que aparece nas imagens na mão de uma menor de idade também foi apreendida depois de ser encontrada com um caminhoneiro que estava no posto.

Segundo a Polícia Civil de Igaraçu de Tietê, o caminhoneiro foi preso na região da Grande São Paulo por porte ilegal de arma, pagou a fiança e foi solto.

Após escapar dos disparos, irmão do genro da mulher a acerta com um soco na cabeça — Foto: Câmeras de segurança/Reprodução
Após escapar dos disparos, irmão do genro da mulher a acerta com um soco na cabeça (Fotos: Câmeras de segurança/Reprodução)

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes