Rainha Elizabeth II busca jovem designer para criar emblema oficial dos seus 70 anos no poder

A rainha Elizabeth II anunciou nesta segunda-feira (21) que busca um jovem designer para criar o emblema oficial da comemoração dos seus 70 anos no poder.

A soberana do Reino Unido deve se tornar, em 2022, a primeira monarca a celebrar um jubileu de platina – o que significa ter sete décadas de reinado.

Elizabeth II já é a monarca com o maior reinado da história do país quando completou, em 2015, 63 anos à frente do trono britânico.

Podem se inscrever para desenhar a logomarca oficial – que será impressa em comunicados oficiais, lembrancinhas e ilustrará postagens nas redes sociais – pessoas de 13 a 25 anos que vivam no país.

Para escolher o melhor emblema, a coroa organizou um concurso – mas é preciso correr: as artes poderão ser enviadas até 16 de julho, somente, e têm alguns pré-requisitos:

  • ser simples, e funcionar em diferentes escalas, em preto, branco e colorido
  • incluir o desenho da coroa real
  • ter relevância para o jubileu de platina
  • não ter nenhuma representação da rainha
Árvore genealógica da família real britânica — Foto: Arte G1

Rainha aos 25 anos

Elizabeth II nasceu em 21 de abril de 1926 com o nome de Elizabeth Alexandra Mary e se tornou rainha aos 25 anos de idade, em 1952, com a morte repentina do pai, o rei George VI.

Nesta data é comemorado o aniversário da rainha, mas a cerimônia oficial é realizada apenas em junho. É possível dizer que ela tem direito a dois aniversários.

Isso acontece porque em 1748, o rei George II decretou que todo segundo sábado de junho – quando já é verão no Reino Unido – seja o dia oficial de celebração do aniversário de monarcas britânicos.

Segundo a emissora BBC, a data foi proposta porque o rei, nascido no inverno, queria comemorar seu aniversário em uma festa pública, com desfiles militares, por exemplo, e por isso optou por uma data no verão europeu.

Sem o príncipe Philip

A rainha vai celebrar o longevo reinado sem seu companheiro por mais de 70 anos. O duque de Edimburgo morreu aos 99 anos no início de abril. Em fevereiro ele havia passado por uma cirurgia cardíaca.

Philip não acompanhava sempre Elizabeth II – ele fez mais de 22 mil eventos só. Em agosto de 2017, ele se retirou da vida pública, apesar de, eventualmente, ainda ter aparecido em compromissos oficiais.

Príncipe Philip e a rainha Elizabeth II, em foto de 18 de novembro de 2007 — Foto: Fiona Hanson/PA via AP/Arquivo
Príncipe Philip e a rainha Elizabeth II, em foto de 18 de novembro de 2007 (Fotos: Divulgação)

A última aparição foi em julho do ano passado, numa cerimônia militar no castelo de Windsor, o palácio onde ele e a rainha decidiram permanecer durante o período de Covid-19.

O casal teve quatro filhos, o príncipe Charles, a princesa Anne, e os príncipes Andrew e Edward.

Fonte: G1

Scroll Up