Quarto pequeno? Veja como decorar e economizar espaço

Bom uso do cômodo deixa o ambiente charmoso e confortável

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Provavelmente, os quartos são os cômodos mais relevantes de uma casa. Idealmente, passamos um terço de nossas vidas nele, já que este é o lugar destinado ao nosso descanso e privacidade. Por isso, ter conforto garantido nesse espaço é de extrema importância.

Engana-se quem acha que apenas quartos amplos conseguem garantir um ambiente agradável. Cômodos pequenos podem ser extremamente charmosos se forem bem harmonizados. Separamos algumas dicas para te ajudar nessa missão, confira.

Use cores claras

Cores claras, de forma geral, mas, em especial, as paredes brancas, são uma forte tendência da decoração contemporânea devido à popularização do minimalismo.  Contudo, para quem tem quarto pequeno, a utilização de cores claras pode ser mais que tendência, servindo como um truque. Isso porque elas refletem mais a luz, tanto artificial, quanto a natural, consequentemente, dando ao espaço uma maior sensação de amplitude.

Escolha uma parede para receber um tom de tinta mais escuro

Apesar de ser uma tendência, é verdade que o minimalismo não agrada a todos. Nesses casos, eleja uma única parede do quarto para receber uma pintura com uma cor mais escura. Também vale a utilização de papel de parede com algum tipo de padrão que te agrade. A dica é que a parede escolhida seja a da cabeceira da cama. Isso vai dar uma sensação de profundidade ao seu quarto, sem deixá-lo simples demais.

Idealmente, essa também deve ser a parede oposta à janela, especialmente para quem tem janela pequena ou com pouco entrada de luz. Isso porque a parede escura ao lado da entrada de iluminação natural, mais uma vez, vai absorver a abertura e deixar o quarto mais escuro, consequentemente, a sensação de amplitude causada pela reflexão da luz nas paredes brancas será menor.

Invista em espelhos

Como sabemos, espelhos refletem a imagem de boa parte do ambiente no qual estão dispostos. Essa propriedade da física óptica pode ser utilizada a favor de quem tem um quarto pequeno.

A dica, aqui, é não utilizar espelhos com base de chão. Prefira aplicar o item em alguma parede ou até nas portas do armário. Quem está de mudança e ainda não comprou o móvel pode optar por um modelo que já venha com espelho instalado nas portas.

Prefira móveis dobráveis

Móveis que se dobram são um ótimo investido para quartos pequenos. Um exemplo clássico são as mesas dobráveis, que podem sair de cena sempre que estiverem sem uso. Mesmo as cadeiras que as acompanham podem ser dobradas e colocadas em outro lugar após serem utilizadas.

Na mesma linha de móveis que não estão sempre aparentes, estão as camas com compartimentos inferiores. Muitos modelos de cama box têm grandes gavetões na parte de baixo, que podem substituir parte do seu armário e economizar bastante espaço. Também existem as camas que têm o topo da base preso por uma dobradiça, o que transforma a parte interna num baú gigantesco.

Como esse tipo de cama dá um pouco mais de trabalho para abrir, quando comparado com as gavetas, o ideal é que esse compartimento não seja utilizado para guardar itens que são utilizados diariamente, como roupas e calçados. Entretanto, ele pode ser um espaço perfeito para guardar as roupas de cama, bem como toalhas de banho e outros objetos menos utilizados na rotina diária.

Dê adeus às luminárias com base inferior

Abajures de mesa e luminárias com base de chão podem dar lugar àquelas que são instaladas na parede. Existem, inclusive, modelos com parte móvel que podem substituir a mesinha de cabeceira, o que te fará economizar ainda mais espaço no quarto. Outra opção são as luminárias pendulares.

O ideal é ter uma luz central e difusa no teto. Dessa forma, as luminárias entrarão em cena como acessórios para os momentos em que se deseja ter uma luz focal ou mais baixa.

Conteúdo produzido para o Jornal Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes