Putin aprova lei para que ex-presidentes se tornem senadores com imunidade vitalícia

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, sancionou nesta terça-feira (22) uma lei que permite que ex-presidentes se tornem senadores de forma vitalícia depois que deixarem o governo do país.

Segundo o texto aprovado, o Executivo concede também aos ex-presidentes e às suas famílias uma imunidade também vitalícia para que não sejam processados por crimes que tenham cometido. Até agora, os ex-presidentes eram imunes apenas por crimes cometidos enquanto estivessem no cargo.

Essa legislação faz parte das emendas aprovadas no meio do ano que permitiram com que Putin, entre outras coisas, possa concorrer nas próximas duas eleições – o que pode levá-lo a permanecer na Presidência até 2036.

Outra legislação assinada por Putin permite que os ex-presidentes nomeiem até 30 senadores para o Conselho da Federação, como é chamada a câmara alta do Parlamento da Rússia.

As reformas levantadas pelo chefe do governo russo dão algumas pistas do que Putin, de 68 anos, pode fazer ao final de seu atual mandato – o 2º segundo consecutivo e 4º no total. Apesar de haver rumores de que ele possa deixar o cargo, o Kremlin negou qualquer movimentação nesse sentido.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes