Promessa do futebol americano morre nos EUA com tiro acidental no próprio quadril

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O running back Ty Jordan, da Universidade de Utah, no Texas, morreu na manhã deste sábado, segundo informações da própria equipe de futebol americano que o jogador de 19 anos defendia. Astro no colégio e eleito calouro ofensivo da conferência que a universidade está na primeira divisão dos EUA, Ty Jordan teria sido vítima de um tiro acidental disparado por ele mesmo. Autoridades policiais contaram à alguns veículos de imprensa dos EUA que, na noite de sexta-feira, responderam a uma ligação de alguém que relatou uma vítima de tiro. Era Ty Jordan, que foi levado às pressas para um hospital local, onde foi declarado morto. O tiro acidental foi no próprio quadril.

A Universidade de Utah jogou apenas cinco jogos nesta temporada e Jordan foi o primeiro jogador na história da equipe a ganhar o prêmio de calouro ofensivo do ano do Pac-12. Ele também recebeu o prêmio como o segundo melhor contabilizando todas as conferências. O técnico do time de futebol americano de Utah, Kyle Whittingham, divulgou uma declaração sobre a morte de Jordan.

– Palavras não podem expressar a devastação e dor que nosso time está sentindo ao saber da trágica morte de nosso companheiro de equipe e irmão Ty Jordan. A personalidade e o sorriso de Ty eram contagiosos e ele causou um grande impacto nesse curto período de tempo em que esteve conosco. Ele deixa uma marca em cada um de nós e nossos pensamentos e orações vão para sua família e amigos. Do fundo do coração, todos nós da família do futebol americano de Utah queremos dizer que amamos você, Ty, e que descanse em paz.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes