Professor da Unesp é encontrado morto com marcas de agressão em Jaú

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O professor de comunicação da Unesp de Bauru, Ricardo Nicola, de 52 anos, foi encontrado morto na casa onde morava no bairro Jardim Parati em Jaú (SP) no fim da manhã desta quarta-feira (17).

De acordo com a Polícia Militar, a equipe foi acionada por vizinhos que estranharam o portão da casa aberto. Ao chegarem no local, os policiais encontraram Nicola já morto com marcas de perfurações, provavelmente ocasionadas por facadas.

A polícia informou que o carro da vítima foi levado durante a ação, assim como o celular e cartões bancários. A perícia esteve no local e o caso passou a ser a investigado pela Polícia Civil.

Segundo o delegado Francisco Telles, os policiais analisaram câmeras de monitoramento e identificaram que o carro do professor deixou a casa ainda de madrugada.

Na tarde desta quarta-feira (17), o veículo foi localizado em São Paulo, assim como dois suspeitos de participarem do latrocínio. Eles foram levados à delegacia e serão ouvidos.

O corpo do professor foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Jaú para passar por exame necroscópico, que vai apontar a causa exata da morte.

Curso de jornalismo da Unesp em Bauru emitiu nota de luto após morte do professor Ricardo Nicola — Foto: Facebook/Reprodução
Curso de jornalismo da Unesp em Bauru emitiu nota de luto após morte do professor Ricardo Nicola (Foto: Facebook/Reprodução)

Nas redes sociais, o curso de Jornalismo da Unesp de Bauru emitiu um comunicado de luto após a morte do professor.

Ingresso no curso de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo da Universidade em 1986, Nicola fez carreira no ensino superior. Atualmente, ele era Vice-chefe do Departamento de Comunicação Social e atuava no curso de Jornalismo e no Programa de Pós-Graduação em Mídia e Tecnologia no (Mestrado Profissional).

“Nessa hora de dor e luto, em nome do curso de Jornalismo prestamos nossas condolências à família, amigos, alunos e toda a comunidade da FAAC-Unesp”, diz na publicação.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes