Prefeitura de Garça impede acesso de veículos em ruas ao redor do Lago J.K Williams

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A Prefeitura de Garça (SP) interditou nesta sexta-feira (29) o trânsito de veículos nas ruas ao redor do Lago J.K Williams. A medida é para evitar aglomerações no local que tem trailers de alimentação. Somente o trânsito dos motociclistas que fazem entregas será permitido na área onde ficam os trailers e food trucks.

Esta foi a segunda interdição no local. No dia 24 de junho do ano passado, a prefeitura já tinha barrado o trânsito no local por causa da pandemia do coronavírus. O acesso foi liberado quase um mês depois, no dia 13 de julho.

Garça está na fase vermelha do Plano São Paulo. Nesse período, comércios como bares, restaurantes, lanchonetes e food trucks só podem trabalhar no sistema delivery, ou seja, com entregas. A retirada de alimentos no local está proibida.

Lago artificial J. K. Williams, em Garça — Foto: Arquivo pessoal/Giuliana Marino
Lago artificial J. K. Williams, em Garça (Foto: Arquivo pessoal/Giuliana Marino)

Garça registra até a manhã desta sexta-feira (29) 1.775 casos confirmados de Covid. 34 pessoas perderam a vida por complicações da doença.

No último decreto de regulamentação da quarentena publicado em edição extraordinário no dia 15 de janeiro, também está proibido o consumo de bebidas alcoólicas e aglomeração de pessoas em espaços públicos, entre eles o lago artificial e bosque das cerejeiras, onde é realizada a tradicional Festa da Cerejeira que foi cancelada no ano passado.

Confusão no Ano Novo

Na virada do ano, a Polícia Militar precisou utilizar bombas de gás lacrimogênio para dispersar cerca de 300 pessoas que estavam no lago artificial J.K. Williams.

Prefeitura de Garça denuncia festa de ano novo divulgada na web — Foto: Facebook/Reprodução
Prefeitura de Garça denuncia festa de ano novo divulgada na web (Foto: Facebook/Reprodução)

O lago estava fechado e um decreto municipal da prefeitura proíbe aglomerações no local para evitar a disseminação do coronavírus. No entanto, a PM informou que os grupos não respeitaram a determinação e precisaram ser retirados do local. Ninguém ficou ferido.

Dias antes, a prefeitura de Garça chegou a denunciar para a Polícia Militar um evento no Facebook chamado de ‘Virada na Lagoa’.

Na descrição do evento, o administrador comentou que o “ano não foi fácil” e pediu um minuto de silêncio para as pessoas que partiram, desejando “que 2021 seja um ano abençoado”. No entanto, a página não trazia orientações de segurança nem informações sobre a Covid-19.

Na época, a prefeitura informou que o evento era considerado clandestino e não forneceria um alvará para o funcionamento da festa.

Fonte: G1 – Foto: Prefeitura de Garça/Divulgação

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes