Prefeito de Bauru anuncia plano regional para abertura de comércios em flexibilização

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A prefeitura de Bauru (SP) anunciou no fim da tarde desta quarta-feira (27) os detalhes do plano chamado de “Pacto Regional”, com uma lista de estabelecimentos e de procedimentos para a retomada das atividades econômicas a partir da próxima segunda-feira (1º). A medida é uma forma de flexibilizar a quarentena imposta pela pandemia de coronavírus.

Ao contrário do Plano São Paulo, proposta de flexibilização anunciada pelo governador João Doria (PSDB) horas antes, Bauru não reabrirá, num primeiro momento, os shopping centers. Pelo plano estadual, Bauru está classificada como integrante da fase 3, que permite a abertura dos shoppings, com algumas restrições, já em junho.

Segundo o prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSDB), num segundo momento do Pacto Regional, previsto para a semana seguinte (dia 8/6), e dependendo da análise de indicadores como número de infectados, vagas em hospitais e taxa de isolamento, os shoppings também entram na lista de estabelecimentos que poderão reabrir. 

“Esse é um dia muito especial, quando podemos anunciar o início da retomada das atividades econômicas dentro de um plano elaborado junto com as prefeituras da região, e que o governo do estado autorizou a ser colocado em prática”, disse Gazzetta.

Na live, Letícia Kirschner, secretária de Planejamento, explicou as regras para o processo de retomada em cada área de atividade — Foto: Prefeitura de Bauru/Reprodução
Na live, Letícia Kirschner, secretária de Planejamento, explicou as regras para o processo de retomada em cada área de atividade (Fotos: Prefeitura de Bauru/Reprodução)

Segundo o prefeito, as ações estão apoiadas em parâmetros científicos e epidemiológicos, e com uma retaguarda hospitalar considerada adequada. Além disso, Gazzetta explicou que se os indicadores retrocederem, as restrições da atual quarentena serão reativadas.

Confira o que abre em Bauru e região:

A partir de 1º de junho

  • Comércio de rua / lojas (exceto shopping) – com restrição de prova de produtos.
  • Estética e beleza – cabeleireiros, barbearias, manicures e estética em geral.
  • Pequenos restaurantes, lanchonetes, bares e mercearias – com amplas aberturas e ventilação natural, com limites de mesas.
  • Academias – só para tratamentos médicos, com prescrição
  • Clubes e espaços esportivos ao ar livre – sem atividades que tenham contato físico (futebol, basquete)
  • Escritórios e estúdios – seguindo as regras de distanciamento.
  • Aulas particulares – com até 5 alunos no máximo

A partir de 8 de junho:

  • Shopping centers – sem a prova de produtos dentro dos estabelecimentos
  • Demais lanchonetes, bares e mercearias

Segundo o prefeito de Bauru, todas as informações sobre a flexibilização serão detalhadas e vão constar no decreto que será publicado nesta sexta-feira (29).

O chefe do Executivo ressaltou que as máscaras continuam sendo equipamento obrigatório para todos e em todos os lugares.

Outro anúncio foi que os ônibus devem voltar à normalidade na próxima segunda-feira (1º), mas que escolas e universidades ainda não têm definida a data de retomada das atividades presenciais.

Quadro apresentado na live mostra quais setores podem funcionar já a partir da próxima segunda-feira (1º) — Foto: Prefeitura de Bauru/Reprodução
Quadro apresentado na live mostra quais setores podem funcionar já a partir da próxima segunda-feira (1º) (Foto: Prefeitura de Bauru/Reprodução)

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes