Praia Clube vence o Minas e conquista título inédito do Sul-Americano de vôlei

Se nos últimos anos o Minas foi uma pedra no sapato do Praia Clube, a equipe de Uberlândia deu mostras que, nesta temporada, está disposto a mudar a história. As comandadas de Paulo Coco conquistaram o inédito título Sul-Americano na noite desta segunda-feira. No clássico “pão de queijo”, a equipe de Uberlândia venceu o Minas por 3 sets a 2 (25/17, 21/25, 25/17, 19/25 e 15/7), no ginásio do Sesi Taguatinga, no Distrito Federal.

A conquista do Praia interrompe a sequência de títulos seguidos do Minas no Sul-Americano. As minas-tenistas tinham conquistado as três últimas edições do torneio. Na atual temporada, é o terceiro título praiano sobre a equipe de BH. Há uma semana, o clube de Uberlândia conquistou o tetra da Supercopa Feminina de Vôlei. Dois dias antes, a equipe de Paulo Coco levou para casa o oitavo troféu do estadual.

Além da vitória sobre o Minas por 3 sets a 2, o Praia venceu outros três jogos para ficar com o título Sul-Americano. A equipe de Uberlândia ganhou por 3 sets a 0 as demais partidas contra Olímpia-PAR, Brasília e San Martín-BOL, fechando a competição com 11 pontos. O Minas ficou com o vice-campeonato com 10 pontos.

As equipes mineiras serão as representantes sul-americanas no Mundial de Clubes de vôlei feminino. A competição está prevista para ser realizada entre os dias 15 e 19 de dezembro em Ancara, na Turquia.

Minas e Praia Clube voltam à quadra na próxima sexta-feira, na estreia pela Superliga Feminina. O time de Uberlândia recebe o Pinheiros na Arena Praia. O Minas também joga em casa contra o Valinhos com transmissão do SporTV. As duas partidas estão marcadas para às 18h30.

O jogo

As duas equipes entraram ligadas e o jogo foi bastante equilibrado no início. O Praia Clube só abriu vantagem, no primeiro set, quando a levantadora Claudinha foi para o saque e o time de Uberlândia fez cinco pontos seguidos abrindo uma vantagem de 15 a 9. Depois disso, o Praia controlou as ações e fechou a parcial em 25 a 17, em um ataque da holandesa Anne, que explorou o bloqueio.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Praia Clube conquistou o inédito título do Sul-Americano — Foto: CSV
Praia Clube conquistou o inédito título do Sul-Americano (Foto: CSV)

Com uma sequência de três pontos de saque da central Thaisa, o Minas abriu 5 a 1 logo de cara. O Praia reagiu rápido e chegou a virar para 6 a 5. Na sequência, a equipe de Belo Horizonte voltou a ficar à frente, mas com o Praia sempre encostado no placar. Na reta final, o time de Belo Horizonte sobressaiu no bloqueio e empatou a partida ao fechar a parcial em 25 a 21.

Na terceira parcial, com grande atuação das irmãs Martínez e uma recepção atrapalhada do Minas, o Praia Clube sobrou no início da parcial e abriu 12 a 6. O time de Uberlândia seguiu superior e chegou a ter uma diferença de dez pontos: 20 a 10. Em uma pancada de Brayelin Martínez, o Praia Clube ganhou o terceiro set de 25 a 17.

As duas equipes irão representar o continente sul-americano no Mundial, que será em dezembro na Turquia — Foto: CSV
As duas equipes irão representar o continente sul-americano no Mundial, que será em dezembro na Turquia (Foto: CSV)

O Praia manteve um bom ritmo no início do quarto set e conseguiu abrir 10 a 6. Só que o Minas não se abateu e mostrou poder de reação. O time de Belo Horizonte fez nove pontos seguidos, conseguiu virar e sobrou na reta decisiva, fechando a parcial com seis pontos de frente: 25 a 19. O ponto decisivo veio em um ataque de Pri Dairot, que desviou no bloqueio.

No set de desempate, o Minas começou em vantagem e fez 4 a 2. Mas o Praia respondeu rápido, virou e conseguiu fazer 8 a 5. O técnico Nicola Negro pediu tempo, mas não adiantou. As comandadas de Paulo Coco estavam determinadas a ficar com o troféu inédito. Com uma apresentação consistente, a equipe de Uberlândia foi soberana no tie-break e fechou em o jogo em 15 a 7, em uma jogada rápida de Claudinha e a cortada do título da central Carol.

Fonte: G1 – Foto: CSV

Scroll Up