Portugal recomenda a vacinação de adolescentes contra a Covid-19 para a volta às aulas presenciais

A Direção Geral de Saúde de Portugal recomendou nesta terça-feira (10) a “vacinação universal” contra a Covid-19 de todos os adolescentes a partir dos 12 anos, como prevê o governo antes do próximo ano letivo.

“A Direção Geral de Saúde recomenda a vacinação de todos os adolescentes de 12 a 15 anos”, afirmou a titular da pasta, Graça Freitas, antes de recordar que a ampliação da campanha de vacinação deve avançar prioritariamente com as pessoas com mais de 16 anos.

Em seguida, receberão o imunizante com prioridade aqueles adolescentes com idades entre 12 e 15 anos com doenças de risco para, em seguida, liberar a vacinação para todos os jovens de 12 anos ou mais.

Há três semanas, o primeiro-ministro Antonio Costa anunciou a intenção do governo de vacinar pessoas na faixa dos 12 a 17 anos para a volta às aulas em setembro.

Segundo ele, a medida serve para que o próximo ano letivo aconteça “sem o risco de interrupção”. No entanto, o governo português aguardava a decisão final das autoridades sanitárias.

Portugal celebrou na sexta-feira o fato de ter conseguido administrar ao menos uma dose da vacina contra a Covid-19 a 70% de sua população de 10 milhões de habitantes.

Fonte: Yahoo!

Scroll Up