Por razões de segurança, embaixador brasileiro na Ucrânia e equipe deixam a capital Kiev

O embaixador brasileiro na Ucrânia, Norton de Andrade Mello Rapesta (foto), divulgou nesta terça-feira (1º) um vídeo em rede social avisando que, por razões de segurança, ele e sua equipe deixaram Kiev, capital da Ucrânia.

Na semana passada, a Rússia iniciou uma invasão à Ucrânia. O confronto já é considerado o maior ataque de um país contra outro desde a Segunda Guerra Mundial. Nesta terça-feira (1º), a Rússia atacou as duas principais cidades da Ucrânia.

No vídeo divulgado nesta terça (1º), Rapesta disse também que permanecerá na Ucrânia até retirar todos os brasileiros que desejarem sair do país.

Nesta segunda (28), em entrevista ao GloboNews, o ministro das Relações Exteriores, Carlos França, disse que os embaixadores deixariam Kiev e partiriam para Lviv caso a “segurança e a capacidade de trabalho” da equipe fosse comprometida.

“Há várias missões diplomáticas que se mudaram pra cidade de Lviv que fica cerca setenta quilômetros da fronteira com a Polônia. Talvez nós tenhamos que fazer isso as condições em Kiev chegarem ao ponto que impeça a segurança e a capacidade de trabalho do nosso pessoal”, disse França.

Fonte: G1