Ponte e Corinthians recebem multa por “desordem” na primeira final do Paulistão

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Problemas ocorreram logo após o gol de Jadson (Foto: Divulgação)

Em julgamento realizado nesta semana, no Tribunal de Justiça Desportivo (TJD) de São Paulo, Ponte Preta e Corinthians receberam multa em dinheiro por conta da “desordem” no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, em Campinas.

Mandante do jogo realizado no Moisés Lucarelli e que terminou com a vitória corintiana, por 3 a 0, a Macaca recebeu multa no valor de R$ 3 mil. Já o Corinthians, visitante no confronto de ida, teve prejuízo um pouco maior: R$ 3,5 mil.

Os clubes foram enquadrados em dois artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD): o 206, por atraso na hora de entrar em campo, e o 213, que trata sobre “desordem”, que previa a possibilidade de perda de até dez mandos de campo.

Na súmula, o árbitro Raphael Claus relatou que a torcida da Ponte atirou chinelo, relógio, isqueiro e até uma tesoura em direção ao campo logo após o segundo gol do Corinthians, anotado por Jadson, que foi comemorar na direção dos pontepretanos.

No confronto de volta, em São Paulo, o empate por 1 a 1 garantiu ao Timão o 28º título estadual de sus história, enquanto a Macaca acumulou o quinto vice-campeonato paulista em 116 anos.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes