Polícia recua sobre indiciamento de filha suspeita de matar família

A polícia desistiu de pedir o indiciamento por triplo homicídio qualificado da jovem presa sob suspeita de matar a mãe, o pai e o irmão no ABC Paulista, de acordo com informações da SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo). O pedido chegou a ser cogitado, mas não foi realizado. 

Ana Flávia Gonçalves, de 24 anos, filha do casal, e sua mulher, Carina Ramos, de 31, estão presas sob suspeita de participação no assassinato. Elas passaram a tarde e a noite de sexta prestando depoimento pela segunda vez. A polícia afirma que elas mudaram a versão dos fatos, mas não dá mais detalhes. Apenas informa que continuam negando envolvimento no crime.

As duas suspeitas deixaram a delegacia escondendo o rosto por volta da meia-noite. Saíram em carros separados e voltaram para o local onde cumprem prisão temporária de 30 dias.

A polícia descobriu que Ana Flávia trocou o chip do celular dias antes do acontecimento. A investigação aomda tenta esclarecer com quem conversaram e quais mensagens trocaram antes do crime.

Nesta sexta, a polícia fez uma nova perícia na casa da família em busca novas provas e de vestígios de envolvimento de outras pessoas nas morte. Pelo menos um suspeito já foi identificado.

Investigadores analisam também imagens de câmeras de monitoramento do condomínio onde as vítimas moravam para saber quem é a pessoa que aguarda na entrada, com dois capacetes, no horário em que os carros de Ana Flávia e o dos pais dela deixam o local.

Fonte: R7

Scroll Up