Polícia prende o segundo líder dos assaltos ao Banco do Brasil e joalheira em Botucatu

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Policiais civis da 4ª Delegacia de Polícia de Investigações sobre Furtos e Roubos a Condomínios e Residências (Deic), prenderam Carlos Wellington Marques de Jesus, de 36 anos, apontado como um dos líderes, junto ao seu irmão gêmeo, dos principais ataques contra bases de transportes valores. Ele foi capturado na manhã de hoje (26), na região da República, no centro da Capital.

O capturado ainda é investigado pela participação no roubo de barras de ouro no Aeroporto André Franco Montoro, em Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo, assim como em ataques em Ourinhos, Araraquara, Bauru e Botucatu. Ele estava sendo procurado desde 2018, quando fugiu de um presídio em Teresina, no Piauí, onde cumpria condenação de 35 anos.

Há 2 semanas ele voltou a entrar no radar das investigações, pois voltou à Capital paulista. Morava em um flat na sofisticada região dos Jardins. Os policiais conseguiram deter o procurado quando se preparava para uma sessão de musculação, em uma academia, na República. A abordagem aconteceu no largo do Arouche, de onde tentou fugir, mas foi detido e posteriormente apresentou documentos falsos e foi desmascarado. Em seu flat foram localizadas duas pistolas.

O preso deverá reencontrar o irmão, em um presídio, já que também foi preso na cidade de São Paulo, em outubro do ano passado. Ele foi capturado quando realizava procedimentos cirúrgicos para extração de projéteis alojados em seu corpo, durante explosão de banco, em Botucatu.

Flávio Fogueral

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes