Polícia prende mais um suspeito de matar jovem de 22 anos em Macatuba

A Polícia Civil prendeu, nesta quarta-feira (12), mais um suspeito de participar de um homicídio triplamente qualificado ocorrido no mês passado em Macatuba (SP). Segundo a polícia, sete pessoas já foram presas pelo crime.

O caso passou a ser investigado depois que um corpo em estado de decomposição foi encontrado no dia 26 de abril no Bairro dos Prados.

Dois dias depois, a polícia confirmou que o corpo era de um jovem de 22 anos que estava desaparecido desde o dia 19, e a perícia apontou que ele morreu por traumatismo cranioencefálico.

Segundo o delegado Richard Serrano, um dos suspeitos de participar do homicídio foi preso preventivamente no dia 25 de abril, antes do encontro do corpo, por conta de outro crime. Ele informou à polícia que a vítima foi morta devido a uma dívida de drogas.

Nos dias seguintes ao encontro do corpo, a Polícia Civil informou que prendeu outros cinco suspeitos de participação no homicídio. Já nesta quarta-feira (12), mais um foi detido.

Segundo o delegado, o jovem de 20 anos foi localizado na Rua Paraguai, em Macatuba, e levado à delegacia para prestar depoimento sobre o crime. Em seguida, ele foi levado à cadeia pública de Avaí.

De acordo com a polícia, oito pessoas estão envolvidas no homicídio, incluindo os sete suspeitos que já foram presos e um adolescente, que ainda não foi localizado.

Eles são investigados por homicídio triplamente qualificado, por motivo fútil, meio cruel e que impossibilitou defesa da vítima, além de ocultação de cadáver, associação criminosa e corrupção de menores.

A Polícia Civil informou que segue com as investigações e aguarda a divulgação de laudos periciais para a conclusão do inquérito.

Fonte: G1

Scroll Up