Polícia prende mais um motociclista suspeito de importunar mulheres nas ruas de Marília

A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Marília (SP) prendeu nesta sexta-feira (9) um homem de 29 anos suspeito de usar uma moto para importunar sexualmente mulheres nas ruas da cidade.

Este é o segundo caso de crime sexual em série esclarecido em poucos dias. Na semana passada, a DDM já havia prendido um suspeito de 32 anos que utilizava uma moto verde para seguir e tocar nas partes íntimas das mulheres que caminhavam rua.

Segundo a DDM, o homem preso nesta sexta, morador de Vera Cruz, tinha outro modo de agir. Ele utilizava uma moto preta e abordava mulheres na via pública, emparelhava a moto com as vítimas, abria as próprias calças e começava a se masturbar. Foram identificadas quatro vítimas.

Todas elas relataram que estavam sozinhas quando foram abordadas e que o suspeito as seguiu de moto. Em alguns casos, segundo as vítimas, o homem chegava a descer da moto e caminhar na direção das vítimas enquanto se masturbava.

As vítimas conseguiram fugir, mas em um dos casos a ação terminou em acidente de trânsito porque uma das mulheres também estava de moto e se assustou com a abordagem criminosa.

O suspeito foi identificado e preso preventivamente. O crime de importunação sexual tem pena máxima de cinco anos.

Fonte: G1