Polícia prende grupo suspeito de assaltar joalheria há dois meses em Avaré

Equipes policiais prenderam, na manhã desta quarta-feira (23), um grupo suspeito de assaltar uma joalheria há dois meses em Avaré (SP).

O crime ocorreu no dia 15 de janeiro e câmeras de segurança registram a ação dos criminosos. Nas imagens, é possível ver os ladrões rendendo funcionários e roubando as joias.

Após o ocorrido, a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) elaborou um relatório com a identificação e a conduta dos suspeitos, que ajudou a descobrir que os materiais roubados haviam sido levados até a cidade de São Paulo.

Polícia prende grupo suspeito de assaltar joalheria em Avaré (Foto: Polícia Civil/ Divulgação)

Com os desdobramentos da operação, denominada “Ornamentum”, e o apoio da Polícia Civil e da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Sorocaba, equipes da DIG cumpriram mandados de busca, de apreensão e de prisão temporária, na região de Avaré e São Paulo. Ao todo, quatro pessoas foram presas, entre elas duas mulheres.

“Hoje conseguimos prender integrantes que tiveram participação direta no assalto e outros que deram apoio. Através de provas robustas, vinculamos todos eles ao crime. A investigação, entretanto, não para por aqui. Resta prender alguns indivíduos que não foram encontrados e já podem ser considerados como procurados pela Justiça. Além disso, suspeitamos de que outros roubos ocorridos na cidade tenham sido executados pela mesma quadrilha”, explicou Fabiano Ribeiro Ferreira da Silva, delegado titular da DIG.

Após as diligências, os suspeitos foram levados até a delegacia para prestar depoimentos. Na sequência, foram conduzidos para unidades prisionais da região.

Fonte: G1