Polícia peruana incinera mais de 19 toneladas de drogas apreendidas durante a pandemia

Mais de 19 toneladas de drogas foram incineradas nesta segunda-feira (30) no Peru, informou o Ministério do Interior em um comunicado. O material foi apreendido pelo departamento da polícia antinarcóticos durante a pandemia do coronavírus.

Entre as substâncias apreendidas estão 9,1 toneladas de pasta de cocaína e 5,7 toneladas de maconha, segundo o Interior. Além delas, foi recolhida também uma grande quantidade de fenciclidina, droga sintética conhecida como ‘pó de anjo’.

As operações da Polícia Nacional recolheram as drogas entre os meses de agosto e novembro em todo o país. As autoridades disseram que o material tem origem nos “valles cocaleros”, região que fica no leste do país, entre os rios Apurímac, Ene e Mantaro.

Forno para incineração de drogas no departamento antinarcóticos da Polícia Nacional do Peru em foto de 30 de novembro de 2020 — Foto: Ministerio del Interior del Peru/AFP
Forno para incineração de drogas no departamento antinarcóticos da Polícia Nacional do Peru (Fotos: Ministerio del Interior del Peru)

Um porta-voz do ministério disse em entrevista coletiva que a ação de combate às drogas no país continuou mesmo com as restrições impostas por conta do avanço da Covid-19. O Peru é um dos países da região mais afetados pela pandemia, com mais de 35 mil mortos pela doença.

“Reafirmamos o compromisso do estado e de suas autoridades de combater este flagelo que tanto prejudica a população, mesmo em tempos de pandemia”, disse o general Óscar Gonzales.

O material apreendido nos últimos quatro meses é equivalente a 30% de toda a droga recolhida no Peru em 2019. No ano passado, mais de 63 toneladas de substâncias ilícitas foram apreendidas e incineradas, segundo as autoridades locais.

Fonte: Yahoo!