Polícia interdita baile funk clandestino com cerca de mil pessoas em Boituva

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A Polícia Civil interditou um baile funk clandestino com cerca de mil pessoas na madrugada de domingo (8), em Boituva (SP).

A polícia informou que, além de ser um evento proibido por gerar aglomeração durante a pandemia de coronavírus, os responsáveis não tinham autorização para realizar a festa.

Baile funk clandestino em Boituva (SP) — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Baile funk clandestino em Boituva (SP) (Fotos: Polícia Civil/Divulgação)

O evento, chamado de “Baile do Metralha”, foi marcado em uma chácara no bairro Recanto Maravilha, zona rural.

Após denúncias anônimas de vizinhos, equipes das polícias Civil, Militar e Guarda Civil Municipal foram até o endereço, que não possuía alvará de funcionamento do Corpo de Bombeiros ou da prefeitura da cidade.

De acordo com a polícia, aproximadamente mil pessoas estavam no evento. Vans de Cerquilho e Sorocaba (SP) também foram encontradas no local, indicando que pessoas da região participaram do evento.

Ainda conforme a polícia, o endereço foi divulgado apenas algumas horas antes para tentar despistar a polícia e fiscais da prefeitura.

Na festa, diversas porções de drogas foram apreendidas. Os três responsáveis pelo evento, de 20, 25 e 38 anos, foram detidos e levados à delegacia, onde foram ouvidos, autuados e liberados.

Três homens de 20, 25 e 38 anos, responsáveis pelo evento. Eles foram encaminhados à Delegacia de Boituva e responderão pelo artigo 268 do Código Penal (CP), por infringir determinação do poder público destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa. Além disso, oito porções de maconha foram apreendidas. Ação também contou com o apoio da Guarda Civil Municipal.

Baile clandestino em Boituva (SP) — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Baile clandestino em Boituva (SP) (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes