Polícia de Paranapanema investiga morte de homem deixado às margens de rodovia com sinais de agressão

A Polícia Civil de Paranapanema (SP) investiga um homicídio que ocorreu no fim de semana no distrito de Campos de Holambra.

De acordo com a Polícia Civil, um grupo de quatro amigos estava em um bar às margens da Rodovia Raposo Tavares (SP-270) na noite de sexta-feira (10), quando o dono do estabelecimento ouviu um barulho e foi verificar o que aconteceu.

O empresário contou à polícia que encontrou um dos homens caído no chão, ensanguentado, e acionou a corporação. Segundo a Polícia Civil, ele disse que os outros três clientes foram embora, mas voltaram antes da chegada da viatura e fugiram com a vítima no porta-malas do carro.

No sábado (11), a polícia informou que o corpo de um homem, com ferimentos na cabeça, foi encontrado às margens do quilômetro 271 da Rodovia Raposo Tavares, na divisa entre Paranapanema e Itaí. Ele foi reconhecido como Eranildo Vieira da Silva, a vítima do bar na noite anterior.

Segundo a Polícia Civil, a suspeita é de que Eranildo, de 42 anos, foi agredido no bar pelos amigos, que possivelmente utilizaram um banco para atingir a cabeça da vítima.

A polícia informou que os quatro homens são de outros estados e estavam morando em Paranapanema para trabalharem como pedreiros em uma obra. Conforme a polícia, eles sempre frequentavam o bar onde o crime ocorreu.

O caso é investigado como homicídio pela Polícia Civil de Paranapanema, que trabalha para localizar os suspeitos. Até esta quarta-feira (15), ninguém tinha sido preso.

Fonte: G1

Scroll Up