Polícia Civil prende quadrilha que aplicava ‘golpe do nudes’ no interior de SP

Na quinta-feira (04), a Polícia Civil de Itapeva (Deinter 7), por intermédio das Delegacias de Polícia de Investigações Gerais e de Investigações sobre Entorpecentes, além da Delegacia de Polícia de Itaberá,
deflagrou a “Operação Quinto Pecado”, com o objetivo de combater o “Golpe dos Nudes”. Na ação, duas mulheres e três homens foram presos.

O trabalho de investigação teve início em maio, quando os policiais civis identificaram uma organização criminosa que atuava dentro e fora dos presídios aplicando os golpes, que iniciavam com o envio às vítimas de solicitações de amizade através de perfis falsos nas redes sociais.

Num segundo momento, depois que um vínculo de confiança era estabelecido, via aplicativo de mensagens, começava o compartilhamento de fotos íntimas que depois eram utilizadas na extorsão.

A vítima, então, passava a receber ligações dos supostos pais da pessoa das fotos ou de falsos policiais civis que o acusavam, quase sempre de pedofilia, sob a alegação de que as fotos eram de uma criança ou de adolescente. Na extorsão, os ditos “familiares” exigiam valores para não denunciarem a vítima à polícia ou, identificando-se como policiais, a exigência era para arquivarem os supostos inquéritos. Em alguns casos, os golpistas reproduziam o ambiente de uma Delegacia de Polícia, com intuito de dar veracidade ao golpe e conseguir extorquir o valor exigido das vítimas.

Com apoio de policiais civis do DEIC de Porto Alegre (RS) e das Delegacias de Vacaria, Caçapava do Sul e Santa Maria, foram cumpridos 18 mandados judiciais, em diversas cidades gaúchas e em duas unidades prisionais da região.

Durante a ação, foram apreendidos um notebook, aparelhos telefônicos e outros equipamentos utilizados nos crimes.

Os detidos foram levados para unidades policiais civis do Rio Grande do Sul para a formalização das prisões e, na sequência, encaminhados para o sistema penitenciário, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Fonte: Segurança Publica do Estado de SP

Scroll Up