Peritos vão analisar rede de proteção da janela por onde menino caiu do 10º andar de prédio em SP

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Peritos do Instituto de Criminalística (IC) vão analisar a rede de proteção da janela por onde o menino de 3 anos caiu do 10º de um prédio e morreu. A queda da criança ocorreu na manhã do último sábado (10), na Vila Guilherme, Zona Norte da capital.

A polícia quer saber se a rede estava mesmo rompida como alegam os parentes do menino.

Além da tela de proteção, também serão periciados os celulares dos pais da criança. Os aparelhos foram apreendidos e outros depoimentos de testemunhas podem ser feitos durante o inquérito policial.

O pai do garoto falou à investigação que a tela de proteção da janela do apartamento estava rompida quando o garoto teria se apoiado nela. A família, que é de origem chinesa, alega que não viu o momento da queda. Um porteiro contou que ouviu um barulho e achou o menino caído num arbusto, já no andar térreo do edifício, que fica na Rua Eugênio de Freitas.

O caso é apurado pelo 9º Distrito Policial (DP) inicialmente como “morte suspeita” a esclarecer. A investigação apura ainda as causas e eventuais responsabilidades pela morte do menino.

Os investigadores da delegacia esperam as conclusões dos laudos da Polícia Técnico-Científica para saber se eles confirmam a versão de que a criança morreu em razão de um “acidente doméstico”, como sustentam os parentes do garoto.

O laudo necroscópico que irá apontar a causa oficial da morte da criança ainda está sendo feito pelo Instituto Médico Legal (IML). Inicialmente, o Corpo de Bombeiros, que socorreu o menino, informou que ele teve traumatismo craniano.

O garoto foi levado ao Pronto Socorro Infantil do Mandaqui mas chegou sem vida, de acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP).

Cadeira e tela

De acordo com informações da pasta da Segurança, o pai disse que o filho teria entrado em um quarto desativado, subido em uma cadeira que estava embaixo da janela e caído pela rede de proteção danificada.

Os policiais que atenderam a ocorrência observaram que a tela estava rompida de um dos lados, aparentemente se desfazendo.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes