Pedreiro que estava desaparecido é encontrado morto em rio com braços e pernas amarrados no interior de SP

Um pedreiro de 38 anos que estava desaparecido foi encontrado morto dentro do Rio Apiaí, em Buri (SP), na tarde de quinta-feira (14). Segundo a polícia, a vítima, identificada como Edemilson Dias Batista, estava com com os braços e pernas amarrados e teve os olhos e as orelhas arrancados.

Conforme o registro policial, um pescador encontrou o corpo boiando e enroscado em um tronco de árvore.

A Guarda Civil Municipal, Polícia Militar e Polícia Técnico-Científica estiveram no local para realizar a perícia preliminar e constataram que, além das marcas físicas de tortura, a vítima foi atingida com três tiros na cabeça.

Pedreiro é encontrado morto com mãos e pernas amarradas e sem olhos e orelhas em Buri — Foto: Arquivo Pessoal
Pedreiro é encontrado morto com mãos e pernas amarradas e sem olhos e orelhas em Buri (Foto: Arquivo Pessoal)

Por conta das semelhanças físicas, os policiais entraram em contato com a família de Edemilson, que estava desaparecido desde o dia 8 de abril, para fazer o reconhecimento. No local, os parentes reconheceram o corpo.

Diante da situação, o corpo foi levado para a funerária e depois ao Instituto Médico Legal (IML) de Itapetininga (SP).

Um boletim de ocorrência foi registrado no Plantão Policial e o caso será encaminhado para a Polícia Civil, que abrirá um inquérito para investigar o caso.

Fonte: G1