Paraguai anuncia expulsão de 12 estudantes brasileiros de medicina

O Ministério da Justiça do Paraguai anunciou a expulsão de 12 estudantes brasileiros de medicina, que estão presos no país vizinho desde do dia 6 de abril, quando foram detidos pela polícia na cidade de Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Brasil.

A expulsão estava marcada para esta quarta-feira (24), mas até a publicação desta matéria ainda não tinha ocorrido. De acordo com a polícia paraguaia, os estudantes, entre eles, três mulheres, estavam em uma casa participando de uma festa regada a álcool e drogas e com o volume do som acima do permitido.

O Governo do Paraguai alega que os jovens não possuem documentação de imigração exigida por lei e estima que quase 10 mil brasileiros estão Pedro Juan Caballero cursando medicina.

Expulsões

O Governo do Paraguai vem adotando a medida de expulsar brasileiros que se envolvem com crimes no país. Foi assim como o narcotraficante Marcelo Fernando Pinheiro da Veiga, conhecido como Marcelo Piloto, que estava preso em Assunção e expulso do país em novembro de 2018.

Em março, foi a vez do traficante Thiago Ximenes, conhecido como “Matrix”, ser expulso pelo Paraguai para o Brasil. Ximenes foi entregue a policiais federais na aduana da Receita Federal da Ponte Internacional da Amizade, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, na fronteira com Ciudad del Este.

Fonte: Yahoo!

Últimas

Ninguém acerta e prêmio da Mega-Sena vai a R$ 65 milhões

21/05/2022

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.483 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (21) no Espaço...

Categorias