01 março, 2024

Últimas:

Palmeiras vira sobre Barcelona-EQU e se classifica na Libertadores

Anúncios

Foi com muita emoção, mas o Palmeiras está classificado para as oitavas de final da Copa Libertadores. Nesta quarta-feira (7), em pleno Allianz Parque, o Verdão foi para o intervalo com 2 a 0 adverso no placar e, na etapa final, arrancou uma virada ‘na marra’ contra o Barcelona-EQU: 4 a 2 — suficiente para garantir o avanço antecipado ao mata-mata da competição continental.

Na partida, válida pela quinta rodada da fase de grupos da disputa, Francisco Fydriszewski marcou os dois gols do time de Guayaquil, aos 32 e 37 minutos da etapa inicial. No segundo tempo, o Alviverde foi buscar o resultado com tentos de Gustavo Gómez, Piquerez, Artur e Endrick.

Anúncios

Na tabela do Grupo C da Libertadores, o Bolívar lidera com 12 pontos — mesma quantidade do Verdão. Na última rodada, as duas classificadas equipes se enfrentam no Allianz Parque, às 21h (de Brasília) do dia 29 de junho, uma quinta-feira. Quem vencer, termina a primeira fase no topo de chave; o empate favorece a equipe boliviana (devido ao saldo de gols).

O Palmeiras, agora, vira a chave para a Série A do Campeonato Brasileiro. E de olho em jogo grande: no domingo, às 16h (de Brasília), o Alviverde vai até o Morumbi para encarar o São Paulo — em embate válido pela 10ª rodada da competição nacional de pontos corridos.

Anúncios

A partida começou com um cenário inverso ao que, talvez, a maioria dos palmeirenses pudesse imaginar. Enquanto o time de Abel Ferreira apostava em transições diretas pelas laterais, sem tanto toque de bola, os visitantes armavam boas tramas ofensivas e chegavam com perigo ao gol de Weverton.

Bastou uma troca mais pacientes de passes que o Verdão chegou ao gol. Aos 19, Dudu deu lindo drible dentro da área e deixou o marcador no chão, tocando para trás, em direção a Gabriel Menino. O volante tentou de letra, mas a zaga equatoriana afastou. Na segunda bola, após lindo passe de Luan, Rony recebeu livre pela direita e chutou de bico: 1 a 0. O tento, entretanto, foi invalido pelo VAR — que checou impedimento do ‘Rústico’ no lance.

Em duas chegadas de Piquerez — uma que obrigou defesa em dois tempos de Mendoza e, outra, que fez Portocarrero afastar perigoso cruzamento —, o Alviverde voltou a ameaçar.

Só que, aos 32, o Barcelona-EQU inaugurou o marcador — para valer, dessa vez. Zé Rafael errou passe na saída de bola e entregou ela de graça para Corozo. O atacante puxou contra-ataque e serviu Fydriszewski, que bateu cruzado, sem chance para Weverton.

Praticamente no lance seguinte ao tento, o Palmeiras quase deixou tudo igual no placar. Piquerez recebeu pela esquerda e cruzou na medida para Raphael Veiga que, sozinho na grande área, subiu livre para cabecear. A bola, entretanto, carimbou o travessão de Mendoza.

Cinco minutos depois do primeiro gol, o Barcelona-EQU, de maneira surpreendente, aumentou a vantagem. Mayke sofreu pressão no setor defensivo, tentou o chutão e a bola acabou ficando com Ortiz. Sem marcação, o camisa 7 do clube equatoriano teve tempo suficiente para pensar, cruzar e colocar a bola na cabeça de Fydriszewski. O atacante tentou na primeira, parou em Weverton, mas no rebote não teve jeito: 2 a 0.

Em cenário idêntico ao do primeiro gol equatoriano, o Verdão teve uma oportunidade de ouro de dar o troco logo após. Dudu recebeu passe de Veiga e lançou Artur na outra ponta. De primeira e na frente do gol, o camisa 14 encheu o pé e viu chute ir por cima do gol de Mendoza.

No segundo tempo, Abel abriu mão de Gabriel Menino — que se recuperou de lesão e foi para jogo — e colocou Flaco López em campo, claramente em estratégia mais ofensiva. Com menos de um minuto de etapa final, saiu o gol: após cobrança de escanteio, Gustavo Gómez cabeceou forte para o fundo das redes.

No lance seguinte, Damián Díaz recebeu na intermediário e enfiou uma pancada de fora da área, que estampou o travessão de Weverton. No rebote, novo chute do camisa 10 e novo susto para os palmeirenses presentes no Allianz Parque. Susto, este, que virou gritou de ‘quase’ logo após, quando Artur fez o mesmo.

A pressão alviverde virou gol aos 12 minutos. Dudu cruzou para a área, Rony brigou em cima com a marcação do Barcelona-EQU e, na sobra, Piquerez não pensou duas vezes: carregou chute de primeira e estufou as redes, deixando tudo igual.

A ‘blitz’ do Palmeiras continuou. Insaciável, o time de Abel Ferreira queria a vitória: Rony, Veiga, Gustavo Gómez e Piquerez criaram, por exemplo, boas chances. Mas a virada veio mesmo aos 24.

Piquerez cruzou para a área buscando Rony e o ‘Rùstico’, como de costume, não fugiu da dividida e da tentativa de finalização. No rebote da oportunidade, Artur, de cabeça, só teve o trabalho de balançar o fundo das redes: 3 a 2.

A partir daí, o Verdão controlou a partida. Inofensivo, o Barcelona assistiu o time mandante jogar. Aos 40, pouco depois de entrar, Endrick deu números finais ao jogo: a joia aproveitou rebote de cabeceio no travessão de Flaco López, após cobrança de escanteio, e fez o quarto tento do clube da casa.

PALMEIRAS 4 X 2 BARCELONA-EQU

Local: Allianz Parque, em São Paulo-SP
Data: 7 de junho de 2023, quarta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Andrés Rojas (Colômbia)
Assistentes: Alexander Guzmán (Colômbia) e David Fuentes (Colômbia)
VAR: Jhon Perdomo (Colômbia)
Cartões amarelos: Gustavo Gómez (Palmeiras); Adonis Preciado e Damián Díaz (Barcelona-EQU)

Gols: Gustavo Gómez, no primeiro minuto do 2ºT, Piquerez, aos 12 minutos do 2ºT, Artur, aos 24 minutos do 2ºT e Endrick, aos 40 minutos do 2ºT (Palmeiras); Francisco Fydriszewski, aos 32 e 37 minutos do 1ºT (Barcelona-EQU)

Público: 33.602
Renda: R$ 3.362.583,50

PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Gustavo Gómez, Luan e Piquerez; Zé Rafael (Jailson), Gabriel Menino (Flaco López) e Raphael Veiga; Artur (Bruno Tabata), Dudu (Breno Lopes) e Rony (Endrick)
Técnico: Abel Ferreira

BARCELONA-EQU: Mendoza; Portocarrero, Luca Sosa, Quiñonez (Piñatares) e Pineida (Adonis Preciado); Gaibor, Leonai Souza, Ortiz (Rodríguez) e Damián Díaz; Francisco Fydriszewski e Corozo
Técnico: Segundo Castillo (interino)

Fonte: Conmebol – Foto: Conmebol/Divulgação

Últimas

Líderes do mercado de bem-estar unem forças: The DRIPBaR reforçado pela REVIV

01/03/2024

Anúncios The DRIPBaR, reconhecida como a franquia de terapia intravenosa de crescimento mais rápido nos Estados...

Categorias