Palmeiras vence o Santos no Allianz Parque

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Nesta quinta-feira, o Palmeiras venceu o Santos por 3 a 2, no Allianz Parque, em partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Paulista. A vitória do Verdão elimina o Peixe do estadual e ainda deixa o Alviverde vivo na competição, enquanto o rival ainda corre o risco de ser rebaixado. Os gols dos mandantes foram marcados por Viña, Willian e Lucas Esteves, enquanto Kaio Jorge marcou os dois do Alvinegro.

O primeiro tempo foi eletrizante, com as duas equipes se lançando ao ataque. Com 22 minutos de bola rolando, o placar já estava 2 a 1 para o Verdão, com os sistemas ofensivos sendo eficientes e as defesas falhando. Logo no retorno do intervalo, o Peixe deixou tudo igual, após Wesley cometer pênalti infantil. Mesmo pressionado, o Alviverde conseguiu chegar ao terceiro gol com Lucas Esteves e ganhou um respiro na competição.

Com o resultado, o Palmeiras segue na terceira colocação do grupo C, com 18 pontos somados, a três do Novorizontino, segundo da chave. Na última rodada do Paulista, o time enfrenta a Ponte Preta, fora de casa, no domingo. Para fechar a sua participação no estadual, o Santos recebe o São Bento, na Vila Belmiro. A equipe tem dez pontos, na terceira posição do grupo D, e ainda corre risco de ser rebaixada. Se perder no domingo, o Peixe cairá para a Série A2.

Com as duas equipes precisando vencer, o jogo começou movimentado no Allianz Parque. Na primeira chegada, Kaio Jorge cruzou para Gabriel Pirani, que bateu de primeira, e Weverton defendeu. Logo em seguida, Giovani quase marcou um golaço. Recebeu pela direita e arrancou com a bola dominada, costurando a defesa do rival. No entanto, finalizou mal quando chegou à área.

Aos sete minutos, o Palmeiras abriu o placar no clássico. Scarpa passou com muita facilidade por Luan Peres pela direita e cruzou na medida para Vinã, que testou com precisão e balançou as redes. O Santos não sentiu o gol e deixou tudo igual seis minutos depois, com Kaio Jorge. Marinho recebeu belo lançamento de Jean Mota pela direita, dominou no peito e deixou Viña para trás. O camisa 11 rolou encontrou o centroavante dentro da área, que dominou e finalizou no canto esquerdo para marcar.

Aos 22 minutos, Scarpa bateu escanteio rápido pela esquerda e surpreendeu a zaga do Santos, encontrando Willian. O atacante cabeceou, a bola tocou em Kaiky e foi morrer no gol. Precisando do resultado, o Peixe foi ao ataque. Pirani finalizou de fora da área e exigiu boa defesa de Weverton.

Marcelo Fernandes voltou com o Santos muito ofensivo, tirando Balieiro e colocando Marcos Leonardo. O Peixe fez uma pressão e, aos cinco minutos, teve um pênalti a seu favor. Wesley puxou a camisa de Kaio Jorge dentro da área, e o árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, o centroavante mandou no canto direito e deixou tudo igual.

Logo em seguida, o Peixe quase chegou ao terceiro. Lucas Braga fez bela jogada pela esquerda e cruzou na entrada da área para Marcos Leonardo, que chegou batendo e acertou a trave. No lance seguinte, foi a vez de Ângelo ser lançado, avançar em velocidade e finalizar para fora. Pouco depois, o garoto voltou a arriscar pela direita, dessa vez parando em Weverton.

Mesmo inferior na segunda etapa, o Palmeiras chegou ao terceiro gol aos 32 minutos. Viña desceu pela esquerda e cruzou rasteiro para dentro da área. A bola passou por Rafael Elias e chegou em Lucas Esteves, que teve apenas o trabalho de empurrar para as redes e garantir a vitória.

PALMEIRAS 3 X 2 SANTOS

Local: Allianz Parque, São Paulo, SP
Data: 06 de maio de 2021, quinta-feira
Hora: 21h (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Fabrini Bevilaqua Costa
VAR: 
José Cláudio Rocha Filho
Cartões amarelos: Zé Rafael, Empereur (Palmeiras); Gabriel Pirani, Jean Mota, Kaiky, Lucas Braga (Santos)

GOLS:
Palmeiras: Viña (sete minutos do 1º tempo), Willian (22 minutos do 1º tempo) e Lucas Esteves (32 minutos do 2º tempo)
Santos: Kaio Jorge (13 minutos do 1º tempo e sete minutos do 2º tempo)

PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Danilo Barbosa, Empereur, Viña; Felipe Melo (Danilo), Zé Rafael, Gustavo Scarpa, Giovani (Lucas Esteves); Wesley (Rafael Elias) e Willian.
Técnico: Abel Ferreira

SANTOS: João Paulo; Pará, Kaiky, Luan Peres, Felipe Jonatan; Balieiro, Jean Mota (Kevin Malthus), Gabriel Pirani; Marinho (Ângelo), Lucas Braga e Kaio Jorge
Técnico: Marcelo Fernandes

Fonte: Yahoo! – Foto: Rodrigo Corsi/Paulistão

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes