27 de maio, 2024

Últimas:

Palmeiras vence o Mirassol de virada e garante vaga no mata-mata do Paulistão

Anúncios

O Palmeiras venceu o Mirassol neste sábado, na Arena Barueri, pelo placar de 3 a 1. O time até saiu em desvantagem, mas contou com gols de Aníbal Moreno (o primeiro dele pela equipe), Raphael Veiga e Breno Lopes para conseguir a virada e, de quebra, assegurar a classificação à fase de mata-mata do Campeonato Paulista.

Agora, o Alviverde soma 21 pontos e terminará a primeira fase, no mínimo, na segunda posição do Grupo B. A equipe contou com a derrota do Água Santa para o Novorizontino para garantir a vaga.

Anúncios

Além disso, o Palmeiras assumiu o topo da tabela geral, mas ainda pode ser ultrapassado pelo Santos, que enfrenta o São Bernardo neste domingo, no Morumbis. O time alviverde, porém, tem um jogo a menos que o Peixe.

Único invicto do Estadual, o Verdão retorna a campo na quarta-feira para enfrentar a Portuguesa, em duelo atrasado pela quinta rodada do Paulistão. A bola rola a partir das 19h30 (de Brasília), no Canindé.

Anúncios

Logo com dois minutos de jogo, o Palmeiras levou perigo ao gol defendido por Muralha. O time cobrou lateral dentro da área, Zé Rafael ajeitou para Veiga, que chegou chutando, mas foi travado pelo marcador. O meia do Alviverde caiu e pediu pênalti, mas a árbitra mandou seguir.

Já aos quatro, após boa trama, Aníbal Moreno encontrou Veiga, que apenas ajeitou para Endrick bater de longe, mas Muralha defendeu em dois tempos. Aos 14, o Mirassol abriu o placar com Rodrigo Ferreira. O ala se antecipou após a cobrança de escanteio de Chico e cabeceou firme, sem chances para Weverton: 1 a 0.

O goleiro do Verdão precisou trabalhar dois minutos depois para impedir o 2 a 0. Dellatorre apareceu sem marcação na segunda trave e, após cruzamento, testou a bola para o chão, mas Weverton fez grande defesa.

O Palmeiras enfim chegou ao empate aos 24 minutos. Após um cruzamento rebatido por Muralha, Ríos tocou para o zagueiro Luan, que cruzou com perfeição para Aníbal Moreno. O argentino desviou de cabeça e deixou tudo igual em Barueri.

A reta final do primeiro tempo foi movimentada. Aos 27, Rodrigo Ferreira tentou recuar de peito para Muralha, mas vacilou e viu a bola ficar viva na área. Ela sobrou com Flaco López, que bateu para o gol, mas o goleiro apareceu para defender. Aos 33, foi a vez de Weverton intervir em finalização de Fernandinho, em um contra-ataque.

Com 36 minutos, Endrick tabelou com Veiga, invadiu a área, mas pegou fraco na bola. Um minuto depois, o Mirassol respondeu com Fernandinho. O atacante partiu em velocidade contra Marcos Rocha e Luan, chutou colocado e viu a bola passar à esquerda do gol de Weverton. O arqueiro ainda espalmou uma falta cobrada por Chico, aos 42.

Nos minutos finais, ainda deu tempo de Marcos Rocha quase virar para o Palmeiras. Endrick acertou um lindo passe para o lateral, que saiu de frente com Muralha, mas o goleiro fechou bem o ângulo e não deu espaço para o chute.

O Mirassol teve boa oportunidade para ficar em vantagem no início do segundo tempo. Aos sete minutos, Dellatorre se devencilhou da marcação e finalizou com perigo, à direita de Weverton.

Pouco depois, aos 11, Flaco López recebeu lançamento de Richard Ríos e carregou até a área, mas foi derrubado pelo zagueiro Lucas Gazal. A árbitra não hesitou e assinou o pênalti a favor do Palmeiras. Na cobrança, Veiga bateu firme no canto esquerdo e virou o marcador.

Ainda deu tempo de Breno Lopes ampliar o marcador e garantir a vitória, em arrancado nos minutos finais do duelo em Barueri.

PALMEIRAS 3 X 1 MIRASSOL

Local: Arena Barueri, em Barueri (SP)
Data: 24 de fevereiro de 2024 (sábado)
Horário: às 18h (de Brasília)
Árbitro: Edina Alves Batista
Assistentes: Gustavo Rodrigues de Oliveira e Denis Matheus Afonso Ferreira
VAR: Thiago Duarte Peixoto
Cartões amarelos: Endrick, Aníbal Moreno e Luan (Palmeiras)
Cartões vermelhos: Nenhum
Público: 11.774 torcedores
Renda: R$ 459.954,00

GOLS: Rodrigo Ferreira, aos 14′ do 1ºT (Mirassol); Aníbal Moreno, aos 24′ do 1ºT (Palmeiras); Raphael Veiga, aos 14′ do 2ºT (Palmeiras); Breno Lopes, aos 44′ do 2ºT (Palmeiras)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Murilo e Piquerez; Aníbal Moreno (Gabriel Menino), Ríos, Zé Rafael e Raphael Veiga (Caio Paulista); Endrick (Breno Lopes) e Flaco López (Rony).
Técnico: Abel Ferreira

MIRASSOL: Alex Muralha; Rodrigo Ferreira, Gazal (Wanderson), Luiz Otávio e Marcelo (Diego Gonçalves); Gabriel, Daniel e Chico (Paulinho Bóia); Negueba (Wesley); Fernandinho (Isaque) e Dellatorre.
Técnico: Mozart

Fonte: FPF – Foto: Fabio Menotti/Agência Palmeiras

Talvez te interesse

Últimas

Anúncios Vitória Helena Xavier de Barros, uma menina de apenas 8 anos, moradora do bairro Comerciários II, em Botucatu, conquistou...

Categorias