Palmeiras se preocupa com cansaço do elenco em momento decisivo da temporada

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Não apenas o Libertad será adversário do Palmeiras na luta por uma vaga na semifinal da Libertadores. A sequência de jogos do elenco, em três competições e ainda com reflexos de um surto de Covid-19, faz a comissão técnica elogiar a dedicação dos atletas, mas também se preocupar com o desgaste físico na reta final da temporada.

Classificado para a semifinal da Copa do Brasil e lutando pelo G-4 do Brasileirão, o time chegou ao último mês de 2020 sem nenhuma eliminação.

Na última terça-feira, o Verdão empatou no Paraguai por 1 a 1 com o Libertad, no jogo de ida das quartas de final da Libertadores. A atuação abaixo da expectativa, porém, é motivo de preocupação no clube, principalmente entre os atletas que estão sendo reintegrados depois de cumprir isolamento.

— Temos sentido dificuldades na parte física de quem veio de Covid-19. Muitas vezes as pessoas pensam que eles continuam bem, mas é um vírus que ataca o organismo, a imunidade. Eles têm sido muito fortes, mas não é fácil ter 22 casos, todos quase ao mesmo tempo, e termos que jogar com jogadores que começam 50%. Esse sacrifício tem sido de guerreiros. Temos de gerir isso no jogo — afirmou o auxiliar João Martins.

Além de Abel Ferreira, que está isolado em São Paulo, o Verdão teve diversos casos de atletas que testaram positivo para Covid-19 nas últimas semanas.

Os goleiros Jailson e Vinicius Silvestre, os laterais Gabriel Menino, Marcos Rocha e Matías Viña, os zagueiros Luan, Alan Empereur, Kuscevic e Renan, os meio-campistas Danilo, Raphael Veiga, Gustavo Scarpa e Quiñonez e os atacantes Gabriel Veron, Rony, Gabriel Silva, Breno Lopes, Marino Hinestroza, Pedro Acacio e Aníbal foram afastados do grupo, mas todos já retornaram aos trabalhos.

O último recuperado de Covid é Marcos Rocha, em transição e que pode ficar novamente à disposição da comissão técnica no fim de semana. O volante Patrick de Paula e o atacante Luiz Adriano estão em recuperação de lesões musculares.

Com pouco tempo de preparação, o Palmeiras se reapresenta na Academia de Futebol na manhã desta quarta-feira. A preparação para o jogo contra o Bahia, pelo Campeonato Brasileiro, será de três dias – a partida será no sábado, às 19h, no Allianz Parque.

Para o confronto da volta das quartas de final da Libertadores, contra o Libertad, serão apenas dois dias de treinamentos. O jogo que vale vaga na semifinal da competição sul-americana será na terça-feira, novamente em São Paulo.

No fim de semana, a comissão técnica de Abel Ferreira será obrigada a mexer no time titular. Zé Rafael foi expulso contra o Santos e terá de cumprir suspensão automática contra o Bahia. Lucas Lima é ausência confirmada nos dois próximos jogos – ele recebeu o terceiro amarelo no Brasileirão e foi expulso na Libertadores.

O Verdão conta com 27 atletas no elenco profissional, mas tem contado com apoio das categorias de base. O zagueiro Renan e o atacante Gabriel Silva, por exemplo, têm sido utilizados com frequência – os dois ficaram no banco de reservas na partida disputada no Paraguai.

Fonte: G1 – Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes