17 de junho, 2024

Últimas:

Palmeiras perde para o Flamengo e perde chance de dormir na liderança do Brasileirão

Anúncios

O Palmeiras desperdiçou a chance de assumir a ponta da tabela nesta quarta-feira ao perder por 3 a 0 para o Flamengo, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. No Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), Pedro (duas vezes) e Arrascaeta marcaram para o Rubro-Negro.

A equipe visitante ainda ficou com um a menos durante a maior parte do segundo tempo. O zagueiro e capitão Gustavo Gómez recebeu o vermelho direto após cometer falta em Arrascaeta.

Anúncios

Com esse resultado, o Verdão se mantém na vice-liderança, com 59 pontos, enquanto o Flamengo sobre para a quinta posição, com 56.

Tanto Palmeiras quanto Flamengo voltam a campo no próximo sábado, dia 11 de novembro, para jogo da 34ª rodada. O Verdão recebe o Internacional, na Arena Barueri, às 21 horas (de Brasília), enquanto o Rubro-Negro faz clássico com o Fluminense, às 18h30, novamente no Maracanã.

Anúncios

Logo de cara, o Palmeiras teve uma cobrança de falta pela esquerda. Raphael Veiga mandou na área e Murilo não conseguiu cabecear em cheio. O Flamengo foi levar perigo aos sete minutos. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Pedro, que cabeceou e viu Weverton espalmar. No rebote, Everton Cebolinha também tentou e o goleiro palmeirense salvou.

Aos 13 minutos, Endrick fez boa jogada, saiu bem da marcação e cruzou na área para Breno Lopes, que desperdiçou a chance de abrir o placar. Pouco depois, o camisa 19 do Verdão recebeu de Veiga e parou em defesa de Rossi. O Flamengo conseguiu sair em vantagem aos 17 minutos. Pulgar lançou para Pedro e o camisa 9 tocou na saída de Weverton para abrir o placar. Na sequência, Cebolinha arriscou de fora da área e o goleiro palmeirense defendeu.

O Rubro-Negro ampliou aos 28 minutos. Cebolinha recebeu lançamento de Rossi, ganhou de Mayke na velocidade e cruzou para Arrascaeta fazer de cabeça. O Palmeiras sentiu os gols tomados e não levou tanto perigo ao gol os mandantes. Antes do apito para o intervalo, Richard Ríos arriscou de longe em duas oportunidades, mas mandou para fora ambas as vezes.

No início do segundo tempo, Palmeiras viu um problema ainda maior. Gustavo Gómez fez falta em Arrascaeta e recebeu o cartão vermelho direto. Após sair em velocidade sozinho, pela direita, Endrick sofreu falta próximo à área e Veiga, na cobrança, mandou em cima da marcação. Agora com mais espaço, o Flamengo fez o terceiro gol. Após jogada bem construída, Ayrton Lucas cruzou na área, Gerson ajeitou para o meio e Pedro cravou mais um.

Aos 23, depois de cobrança de escanteio, Murilo mandou na área, a bola quase sobrou para Zé Rafael, mas Rony interceptou antes e tentou de bicicleta. Sem poder se expor muito, o Palmeiras tentou algumas arrancadas com Luís Guilherme, mas o jovem acabou parando na defesa. Tentando aproveitar o benefício de ter um a mais, o Flamengo seguiu incomodando no ataque, mas sem muito perigo para Weverton.

FLAMENGO 3 X 0 PALMEIRAS

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 08 de novembro de 2023, quarta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Jose Pereira de Lima (PE)
Assistentes:  Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Kleber Lucio Gil (SC)
VAR: Rodolpho Toski Marques (VAR-Fifa-PR)
Público: 64.590 pessoas
Cartões amarelos: Pedro (Flamengo); Vanderlan (Palmeiras)
Cartão vermelho: Gustavo Gómez (Palmeiras)

GOLS:

FLAMENGO: Pedro (aos 17 minutos do 1°T e aos 18 minutos do 2°T), Arrascaeta (aos 28 minutos do 1°T)

FLAMENGO: Rossi; Matheuzinho, Fabrício Bruno, Léo Pereira e Ayrton Lucas; Erick Pulgar (Rodrigo Caio), Gerson, Arrascaeta (Everton Ribeiro) e Luiz Araújo (Wesley); Pedro (Gabigol) e Everton Cebolinha (Victor Hugo)
Técnico: Tite

PALMEIRAS: Weverton; Gustavo Gómez, Luan (Luís Guilherme) e Murilo; Mayke, Zé Rafael, Richard Ríos (Fabinho), Raphael Veiga (Rony) e Piquerez (Vanderlan); Breno Lopes (Naves) e Endrick
Técnico: Abel Ferreira

Fonte: CBF – Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras

Talvez te interesse

Últimas

Segundo pesquisa, 74% dos negócios apontaram lucro no ano passado, 21% fecharam 2023 próximo a zero e 5% relataram prejuízo...

Categorias