23 de julho, 2024

Últimas:

Palmeiras goleia Atlético-MG e cola no G4 do Brasileiro

Anúncios

Nesta segunda-feira, o Palmeiras goleou o Atlético-MG, por 4 a 0, em duelo de encerramento da nona rodada do Campeonato Brasileiro. Aníbal Moreno, Piquerez, de pênalti, Estêvão e Flaco López marcaram os gols do Verdão, na Arena MRV, em Belo Horizonte (MG).

O Verdão jogou com um jogador a mais desde os 30 minutos do primeiro tempo, quando o árbitro expulsou Hulk após dois cartões amarelos seguidos. Rodrigo José Pereira de Lima, responsável pelo apito, marcou uma falta para o Atlético-MG, Hulk levantou da jogada, reclamou e o árbitro deu amarelo. O atacante cobrou o juiz e recebeu novo amarelo e, em seguida, o vermelho.

Anúncios

Com esse resultado, o Verdão terminou com a invencibilidade do Galo e subiu para a quinta posição, com 17 pontos, empatado com o Athletico-PR, primeiro time no G4. O Atlético-MG, por sua vez, fica na nona posição, com 13 pontos.

O Palmeiras volta a campo na próxima quinta-feira para enfrentar o Red Bull Bragantino, em duelo da décima rodada do Brasileirão. A bola rola às 21h30 (de Brasília), no Allianz Parque. No mesmo dia, o Atlético-MG duela com o Vitória, no Barradão, às 18h30.

Anúncios

O Palmeiras começou a partida tentando impor seu jogo. Piquerez fez jogada em profundidade, cruzou na área para Rony, mas o camisa 10 estava marcado e não conseguiu cabecear em cheio. Pouco depois, o atacante apareceu de novo, e arriscou de dentro da área, mas mandou por cima do gol de Matheus Mendes. Aos sete minutos, o Atlético-MG teve a primeira boa chance. Hulk ficou com a bola fora da área e arriscou de longe. A bola desviou em Naves e saiu próximo à trave esquerda de Weverton.

Aos 19 minutos, Raphael Veiga cobrou escanteio, Murilo cabeceou fraco e o goleiro fez a defesa. Na sequência, o Atlético-MG respondeu. Hulk fez boa jogada, passou por Naves e Marcos Rocha, invadiu a área e tocou para Paulinho. O camisa 10 tentou, marcado por Murilo, mas o árbitro deu toque na mão do jogador atleticano. O Verdão abriu o placar aos 24 minutos. Estêvão fez boa jogada pela direita, mas foi travado. Murilo recuperou tocou para Veiga, que mandou no meio da área e Igor Rabello tentou desviar. Aníbal Moreno apareceu na área, dominou no peito, finalizou no canto e balançou a rede. A bola ainda tocou na trave antes de entrar.

Hulk acabou expulso aos 30 minutos depois de receber dois amarelos em sequência por reclamação em um lance de falta pró Atlético-MG.  Oito minutos depois, Cadu recebeu lançamento na frente, invadiu a área e finalizou para fora, cara a cara com Weverton. O bandeirinha, porém, anotou o impedimento. Aos 43, Estêvão deixou Rony em boas condições, mas o camisa 10 desperdiçou a chance. Nos acréscimos, Veiga cruzou na área e Rony cabeceou, obrigando Matheus Mendes a fazer boa defesa.

Antes do primeiro minuto do segundo tempo, o Atlético-MG arriscou a primeira. Cadu chegou em velocidade, bateu firma, mas para fora do gol de Weverton. Aos quatro minutos, Estêvão chegou pela direita, tirando a marcação do Atlético-MG. O atacante finalizou duas vezes e parou em defesas de Matheus Mendes. Aos 13 minutos, Saravia derrubou Zé Rafael na área e o árbitro assinalou a penalidade. Na cobrança, Piquerez soltou a pancada e estufou as redes.

Na sequência, o Verdão ampliou. Estêvão recuperou a bola de Scarpa no campo de ataque e avançou em velocidade. Ele chegou até a entrada da área, ninguém conseguiu parar e a joia soltou um belo chute no gol de Matheus Mendes, que nada pôde fazer. Aos 21, Scarpa chegou no fundo, cruzou na área, a bola passou por todo mundo e ninguém do Galo chegou para finalizar. Três minutos depois, Piquerez recebeu de Rony e bateu com perigo, mas para fora.

Aos 30 minutos, Rony cruzou na área, mas Vanderlan não conseguiu chegar para finalizar. Pouco depois, o atacante recebeu bom cruzamento de Mayke, cabeceou para o gol e viu Matheus Mendes se esticar para fazer a defesa. Palacios tentou de fora da área, aos 35, e Weverton fez a defesa tranquila. Nos acréscimos, ainda deu tempo o Verdão fazer mais um. Vanderlan saiu bem pela esquerda e cruzou na área para Flaco López finalizar livre e fechar a goleada.

ATLÉTICO-MG 0 X 4 PALMEIRAS

Local: Arena MRV, em Belo Horizonte (MG)
Data: 17 de junho de 2024 (segunda-feira)
Hora: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo José Pereira de Lima (Fifa/PE)
Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (Fifa/CE) e Francisco Chaves Bezerra Junior (PE)
VAR: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)
Cartão vermelho: Hulk (Atlético-MG)
Cartões amarelos: Igor Rabello, Hulk, Gustavo Scarpa e Zaracho (Atlético-MG); Piquerez, Aníbal Moreno, Rony e Estêvão (Palmeiras)

GOLS:
PALMEIRAS: Aníbal Moreno (aos 24 minutos do 1°T), Piquerez (aos 14 minutos do 2°T), Estêvão (aos 16 minutos do 2°T) e Flaco López (aos do 2°T)

ATLÉTICO-MG: Matheus Mendes; Saravia, Bruno Fuchs, Igor Rabello (Alisson) e Rômulo; Zaracho (Pedrinho), Igor Gomes, Gustavo Scarpa (B. Palacios); Cadu (Alan Kardec), Paulinho e Hulk.
Técnico: Gabriel Milito

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Murilo, Naves e Piquerez (Vanderlan); Aníbal Moreno (Fabinho), Zé Rafael e Raphael Veiga; Lázaro (Gabriel Menino), Estêvão (Mayke) e Rony (Flaco López).
Técnico: Abel Ferreira

Fonte: CBF – Foto: Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Talvez te interesse

Últimas

Anúncios Na manhã desta segunda-feira (22), uma operação policial foi realizada pelos Policiais Civis da Delegacia de Proteção Animal da...

Categorias