Palmeiras e Atlético-MG empatam sem gols no Allianz Parque

Dois dos melhores times do futebol nacional, Palmeiras e Atlético-MG fizeram uma partida muito equilibrada e disputada neste domingo e ficaram no empate sem gols, no estádio Allianz Parque, em São Paulo, pela nona rodada. O resultado foi benéfico para o Corinthians, que no sábado derrotou o Atlético-GO e assim termina o final de semana na liderança isolada.

A igualdade neste domingo deixa Palmeiras e Atlético-MG iguais com 16 pontos, dois atrás do Corinthians. Pelo saldo de gols (8 a 5), o Verdão fica com a segunda colocação.

Os dois times tiveram muitos desfalques por conta de convocações para seleções nacionais e lesões. O Palmeiras não contou com Weverton (Brasil), Danilo (Brasil), Gustavo Gómez (Paraguai), Atuesta (Colômbia), Kuscevic (Chile) e Jailson (machucado). No Atlético-MG não jogaram Guilherme Arana (Brasil), Diego Godín (Uruguai), Keno, Zaracho e Vargas (todos lesionados).

Depois de uma semana livre para descanso e treinamentos, os clubes voltam a jogar no meio de semana. Pela décima rodada, na quinta-feira, às 19 horas (de Brasília), o Palmeiras jogará mais uma vez em casa, desta vez contra o Botafogo. O Atlético-MG entra em campo um dia antes, às 21h30, contra o Fluminense, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

O primeiro tempo foi de muito equilíbrio e disputa ferrenha pela bola, como nos lances entre Gabriel Menino e Nacho Fernández. Como era esperado pelo esquema de jogo de Abel Ferreira e Antonio Mohamed, os dois times procuraram o ataque, mas as chances reais de gol foram poucas.

Para piorar as coisas pelo lado alviverde, Raphael Veiga sentiu dores na coxa direita logo aos 10 minutos, na tentativa de aproveitar um lançamento de Gustavo Scarpa, e teve de deixar a partida pouco depois. Entrou o centroavante Rafael Navarro, em uma tentativa de ter uma referência na área. Ele teve uma oportunidade clara, já nos acréscimos, mas chutou para fora bem de frente com o goleiro Everson.

Do outro lado, o Atlético-MG mostrou mais força ofensiva até os 30 minutos. Chegou com perigo em uma bicicleta de Eduardo Sasha e em chutes de fora da área de Nacho Fernández e de Allan.

A volta do intervalo não teve novidade nas escalações e no esquema de jogo das equipes. Com uma marcação ainda mais forte de ambos os lados, Palmeiras e Atlético-MG brigaram por cada centímetro do campo.

Os dois times continuaram buscando o ataque, com um pouco menos de ímpeto, mas tiveram as suas oportunidades. O Palmeiras quase marcou em arremates de Roni e de Gustavo Scarpa. O Atlético-MG criou boa chances com Ademir e Hulk. Faltou calma para a finalização e o jogo ficou no empate mesmo.

PALMEIRAS 0 X 0 ATLÉTICO-MG

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: 05 de junho de 2022 (domingo)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Bruno Boschilia (Fifa-PR)
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)
Renda: R$ 2.701.274,45.
Público: 40.235 torcedores
Cartões amarelos: Gabriel Menino e Abel Ferreira (Palmeiras); Nacho Fernández, Otávio e Mariano (Atlético-MG)

PALMEIRAS: Marcelo Lomba; Marcos Rocha, Luan, Murilo e Piquerez; Zé Rafael (Pedro Bicalho), Gabriel Menino (Fabinho), Raphael Veiga (Rafael Navarro) e Gustavo Scarpa; Dudu (Breno Lopes) e Rony (Gabriel Veron).
Técnico: Abel Ferreira

ATLÉTICO-MG: Everson; Mariano, Nathan Silva, Junior Alonso e Rubens; Allan, Jair (Sávio), Nacho Fernández e Ademir; Eduardo Sasha (Otávio) e Hulk.
Técnico: Antonio Mohamed

Fonte: Yahoo! – Foto: Pedro Souza/Atlético-MG