Palmeiras discorda de jogos apenas no interior e defenderá Paulistão com reinício seguro

Ainda que espere colocar seu time em campo o quanto antes, a diretoria do Palmeiras dirá, em reunião entre os clubes na sede da Federação Paulista de Futebol, que só será favorável à retomada das competições quando houver liberação por parte das autoridades competentes.

Segundo publicou o jornalista Paulo Vinícius Coelho em seu blog nesta segunda-feira, a FPF deve reunir os 16 clubes da Série A-1 do Campeonato Paulista nesta quarta-feira para discutir os rumos de seu principal campeonato.

Uma das ideias aventadas nos bastidores é a de que todas as seis rodadas restantes sejam disputadas exclusivamente em uma ou duas cidades do interior, longe da capital paulista (principal região afetada pelo novo coronavírus). Ideia com a qual o Palmeiras não concorda.

– O Palmeiras irá disputar todas as competições, honrar com os seus compromissos esportivos e espera poder entrar em campo o mais rapidamente possível – diz o clube presidido por Maurício Galiotte.

– Entretanto, isso apenas ocorrerá quando existir liberação das autoridades de saúde competentes e um ambiente totalmente seguro para os atletas, comissão técnica e demais colaboradores.

Com a paralisação do futebol devido à pandemia do coronavírus, o Palmeiras seguiu orientação coletiva de outros clubes e concedeu férias ao elenco até 20 de abril, período que poderá ser prorrogado por mais dez dias.

Fonte: G1