Pai envia por Sedex droga sintética para o filho preso em Bauru

Agentes de segurança do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) II “Dr. Eduardo de Oliveira Vianna” de Bauru apreenderam, nesta segunda-feira (17), 108 micropontos de droga sintética conhecida como “k4”. O entorpecente estava escondido em um par de chinelos enviado pelo próprio pai do preso por Sedex.

Localizados em pequenos pedaços de papéis, os micropontos foram flagrados durante inspeção de rotina realizada nos objetos encaminhados pelos Correios aos reeducandos. No caso do flagrante, a encomenda continha alimentos e produtos higiênicos.

A unidade prisional registrou boletim de ocorrência para investigação da Polícia Civil. Também foi instaurado procedimento disciplinar para apurar a cumplicidade do preso que receberia a droga.

SEMELHANTE

Na semana passada (dia 13), o CPP II de Bauru já havia registrado apreensão semelhante de droga sintética. Em duas ocorrências distintas, mães de detentos enviaram, por Sedex, 136 micropontos de “K4” e 180 de LSD, também escondidos em chinelos.

Com Assessoria