Pai é preso suspeito de matar a filha de apenas dois meses

Um homem foi preso na noite desta quinta-feira (11) em Araguaína suspeito de matar a própria filha, uma criança de apenas dois meses. A menina deu entrada no Hospital Municipal durante a manhã com uma fratura na perna esquerda e um machucado na cabeça. Inicialmente, os pais procuraram a unidade dizendo que a criança estava passando mal.

A suspeita surgiu porque a Polícia Civil encontrou no celular do pai mensagens enviadas para a mãe indicando que ele não aceitava a filha, por se tratar de uma gravidez não planejada. Durante os depoimentos, tanto o homem quanto a mulher negaram que a menina tenha sido agredida.

A família mora no setor Raízal e as primeiras informações levantadas pelos investigadores indicam que apenas os três estavam na casa no momento em que tudo aconteceu. Por causa das mensagens, o homem foi preso em flagrante como principal suspeito. A mãe ainda está sendo investigada.

O caso está sob sigilo e os nomes dos envolvidos não foram informados pela Polícia Civil. Fontes ligadas à investigação disseram para a TV Anhanguera que o casal morava junto há aproximadamente um ano.

O corpo da criança foi levado ao Instituto Médico Legal de Araguaína para que uma necropsia confirme quais foram as causas da morte. O laudo deve demorar 10 dias para ficar pronto, que também é o prazo para o fechamento do inquérito. No final da tarde o corpo foi liberado para o enterro.

Fonte: G1 – Foto: Márcio Novais/TV Anhanguera

Scroll Up