Pai é preso por abusar das filhas de 6 e 8 anos após crianças revelarem estupros em desenhos, no RS

Um homem de 28 anos foi preso preventivamente, na madrugada de quarta-feira (23), por suspeita de estuprar as filhas, de 6 e 8 anos, em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Segundo a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, as crianças pediram ajuda através de desenhos.

As imagens desenhadas pelas meninas têm cunho sexual e foram encontradas em um caderno, que havia sido presenteado pela avó materna das crianças. Os desenhos foram divulgadas pela Polícia Civil.

Desenhos foram divulgados pela Polícia Civil (Foto: Reprodução/Polícia Civil)

De acordo com a investigação, a avó e a mãe das crianças notaram uma mudança no comportamento das meninas, que ficaram chorosas, irritadiças e agressivas.

Desenhos em caderno alertaram familiares, que procuraram a polícia, em Canoas — Foto: Reprodução/Polícia Civil
Desenhos em caderno alertaram familiares, que procuraram a polícia, em Canoas (Foto: Reprodução/Polícia Civil)

Crianças eram ameaçadas pelo pai

Conforme o delegado do caso, Pablo Rocha, através dos desenhos as crianças revelam fatos que conscientemente talvez não conseguissem expressar. Os desenhos foram cruciais para a descoberta dos abusos e estupros sofridos pelas duas irmãs, diz a polícia.

As irmãs foram levadas para atendimento. A investigação constatou que os abusos eram constantes, e que o pai ameaçava as crianças para que elas não revelassem as violências.

A mais nova chegou a ser enforcada e ameaçada de morte pelo homem, diz a Polícia Civil. Os fatos foram confirmados em depoimentos especiais. A prisão preventiva foi autorizada pelo Judiciário.

Fonte: G1